YOUNGO: histórias de sucesso

1551480_610492929073836_2642510825176778161_n

Por Daniele Savietto* e Cristina Dalla Torre, da Agência Jovem de Noticias.

Durante o segundo dia da COY várias oficinas, encontros e grupos de trabalho tiveram lugar na programação, entre eles uma oficina da YOUNGO tendo como objetivo partilhar experiências relacionadas a COP. O ponto principal foi mostrar aos jovens seu poder de influenciar as negociações.

Para quem não conhece, Youngo é uma constituinte da UNFCCC, ou seja, um grupo formalmente reconhecido pelas Nações Unidas, o que oferece a oportunidade de realizar intervenções durante a COP. Ela funciona como uma rede para que jovens de vários grupos e países tenham suas vozes representadas e o mais interessante é que todos podem fazer parte, basta se inscrever na lista de discussão e contribuir com seus pensamentos e suas idéias sobre possíveis estratégias de ação.

Depois de uma divertida brincadeira quebra-gelo os integrantes explicaram que a juventude não só pode como faz a diferença durante as negociações e para exemplificar convidaram três integrantes para partilharem suas experiências, todos ressaltaram que podemos pressionar e mudar o rumo das negociações além de aumentar a participação da juventude em todo processo.

Raquel Rosenberg, do Brasil, contou sua jornada com o Engajamundo que a levou a ser parte ativa das negociações como intermediária entre o governo Brasileiro e as Nações Unidas na Conferência de Bonn. Sua participação chamou a atenção dos integrantes do governo que pedirem sua opinião pessoal sobre o que deveria conter no documento que estava sendo redigido durante a conferência, ela aproveitou essa oportunidade para apresentar não apenas suas opiniões, mas também as expectativas dos jovens da YOUNGO.

Mateo Botero, da Colômbia, compartilhou a incrível história de como conseguiu, sem visto e credenciamento prévio, participar da COP no Qatar em 2012 e em Varsóvia em 2013. Sua motivação e iniciativa levaram o governo da Colômbia a iniciar agora em 2014 o cadastramento de jovens como delegação durante o evento, abrindo portas para os próximos jovens que virão.

A mensagem de Adam Greenberg dos Estados Unidos veio motivar todo tipo de participação: “a ação através YOUNGO é importante, mas mais importante ainda é pressionar os governos locais, mostrar-lhes o que pode ser feito através de exemplos bem sucedidos como a necessidade de não investir em combustíveis fósseis.  A YOUNGO é um movimento importante pois permite aos jovens integrarem um grande movimento de suporte. Saber que existem milhares de jovens como nós que dedicam seu tempo ao combate das mudanças climáticas é certamente um incentivo para acordarmos todas as manhãs”

Com palavras e exemplos encorajadores muitos jovens do mundo todo saíram muito mais motivados para marcarem presença e levantarem suas vozes a favor de um mundo melhor.

*Integrantes da delegação brasileira na COP20

Cobertura COP19

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *