Viração contrata Jornalista Educomunicador(a)

Perfil:
* Jornalista educomunicador (a) formado(a) em Comunicação Social/ Jornalismo há pelo menos 2 anos;
* Conhecimento intermediário de inglês e espanhol;
* Domínio de pacote Microsoft Office (Word, Excel, Power Point, Internet) e/ou softwares livres similares.
* Experiência em jornalismo online e redes sociais virtuais;
* Experiência e/ou interesse em trabalhar com temas ligados ao combate ao traballho infantil e ao trabalho adolescente;
* Espírito empreendedor e educomunicador;
* Compromisso e conhecimento da Declaração dos Direitos Humanos, Convenção dos Direitos da Criança e Estatuto da Criança e do Adolescente;
* Comprometimento com os princípios e valores da Viração Educomunicação;
* Organização, pontualidade, abertura para novos aprendizados e cumprimento de metas.
* Criatividade e flexibilidade;
* Disponibilidade para viagens a 5 capitais em 5 regiões do Brasil.

Atividades:
* Coordenar mobilização de adolescentes em 5 capitais para a Campanha Contra o Trabalho Infantil e sobre o Trabalho Adolescente de agosto a dezembro de 2012, com possibilidade de renovação de contrato;
* Coordenar atividades de formação de um núcleo de 15 adolescentes e jovens em São Paulo para produção de conteúdo impresso e online sobre a Campanha Contra o Trabalho Infantil e sobre o Trabalho Adolescente;
* Apoio no relacionamento com a mídia e organizações parceiras;
* Apoio a ações de mobilização promovidas pela Viração Educomunicação.

Informações adicionais:
Carga horária: 30 horas semanais
Regime de contratação: Contrato por Prestação de Serviço
Local de trabalho: sede Viração, na Rua Augusta, 1239, Conj. 11, próximo à estação Consolação do metrô.
Valor do Salário: R$ 1.700,00.

As/os interessadas/os na vaga devem enviar currículo, carta de motivação “Porque quero colaborar com a Viração?” e currículo até dia 27 de julho de 2012, mencionando a sigla “Edital_EDUCOM_2012” no assunto da mensagem, para o e-mail: redacao@viracao.org

Sobre a Viração Educomunicação
Viração Educomunicação é uma entidade da sociedade civil organizada sem fins lucrativos que atua no campo da comunicação, educação e mobilização social entre adolescentes, jovens e educadores. Criada em março de 2003, Viração impactou na vida de mais de 3,5 milhões de pessoas no Brasil, seja por meio de seu carro-chefe, a Revista Viração, ou por meio demais de vinte projetos especiais desenvolvidos ao longo de sete anos.

Viração possui como missão: Fomentar e divulgar processos e práticas de educomunicação e mobilização entre jovens, adolescentes e educadores para a efetivação do direito humano à comunicação e para a transformação socioambiental. E como visão de futuro: Tornar-se uma organização de educomunicação com incidência política nas juventudes e adolescências e inspiradora para pessoas e grupos de todo mundo.

A base desta visão é o entendimento de que o adolescente é um sujeito de direitos que precisa ser considerado em sua condição peculiar de pessoa em desenvolvimento, com potencialidades e vulnerabilidades específicas, e que representa, ao mesmo tempo, uma grande oportunidade de desenvolvimento para sua família, comunidade, escola, governo e para si próprios. Além de trabalhar para o desenvolvimento integral dos adolescentes, Viração também atua na implementação de uma comunicação integral e integradora, não entendida apenas sob o ponto de vista tecnológico e instrumental.

Sites: www.viracao.org e www.agenciajovem.org

Rafael

Ver +

1 Comment

  • Parabéns pela revista, sou funcionaria da UFPB e vendo na BC esta revista me chamou a atenção este nº87 de agosto está 10. Estou fazendo um meu trabalho de Conclusão de curso de pedagogia que fala sobre as práticas pedagogica da guarda municipal,como cuidar da presevação do meio ambiente, dos pratimonio público e o trânsito estamos tentando passar um conhecimento de diretos e deveres de ciranças e jovens e adultos. Gostaria de saber sua opinão sobre o que você acha da guarda municipal ou comunitária dar palestras educativas aos nossos alunos abordando assuntos da atualidade como violêcia, drogas, seguraça, e outros.
    Um abraço
    Nilda

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *