Uma carta pelos direitos da criança e do adolescente

Documento elaborado pelo Instituto Alana é direcionado à candidatos e candidatas das eleições 2020 e traz apontamentos para a promoção e defesa dos direitos de pessoas de até 18 anos


O Instituto Alana, organização da sociedade civil de impacto socioambiental que promove o direito e o desenvolvimento integral da criança e ​fomenta​ novas formas de bem viver elaborou uma carta aberta aos e às candidatos e candidatas nas eleições municipais de 2020.

Crianças e adolescentes estão em um período de desenvolvimento físico, socioemocional e cognitivo particular, e é papel do Estado, juntamente com organizações da sociedade civil e instituições como a escola, olhar com detalhamento para projetos e políticas públicas que garantam igualdade de condições para o desenvolvimento pleno destes cidadãos e cidadãs.

A carta traz apontamentos essenciais da luta pela promoção e defesa dos direitos da criança e do adolescente – alguns deles já expressos na legislação brasileira: direito de acesso ao sistema saúde, à educação, ao lazer e cultura, à liberdade, à moradia digna e a uma cidade inclusiva são alguns dos temas elencados no texto.

Ao assinar a carta, o Instituto Alana se coloca à disposição das candidaturas e futuras gestões para debater, “trocar experiências e colaborar com processos de políticas públicas que coloquem as crianças e adolescentes em primeiro lugar”.

Leia a íntegra da carta clicando abaixo:


Acompanhe as atividades dos nossos parceiros do Instituto Alana acessando o site da organização, ou acompanhando os perfis oficiais no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Imagem: UNICEF/BRZ/Raoni Libório

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *