Tudo que você queria e não queria saber sobre o aquecimento global

Livro digital do matemático e economista Sergio Margulis responde questões importantes sobre a emergência climática que estamos vivendo. Disponível para download gratuito

Não existem mais dúvidas sobre a responsabilidade dos homens pelo aquecimento global. São avassaladoras as evidências.
Os impactos das mudanças do clima já vêm causando enormes perdas econômicas e sofrimento humano nas cidades e no campo – que aumentarão significativamente nos próximos anos.
O enfrentamento do problema começa pelo seu entendimento, que não é ficção científica e cuja responsabilidade é de todos nós.
Devemos agir agora!

As mudanças climáticas representam uma ameaça existencial à humanidade e à vida no planeta Terra como nunca visto. A cada dia, mês ou ano que passa, tornam-se uma emergência a ser combatida com máxima prioridade.

Falar sobre as mudanças climáticas tem sido o desafio de toda a comunidade que trabalha com o tema do meio ambiente. A começar pela escala do problema – pela primeira vez na história da civilização, a humanidade está mudando sistemas em escala planetária.

Para navegar entre eventos extremos e o aparentemente minúsculo incremento de temperatura, entre acordos globais de Quioto e Paris, entre as emissões de desmatamento e do petróleo e outros tantos, Sergio Margulis responde questões sobre tudo que você queria saber e não esconde nem minimiza o tamanho dos problemas que a humanidade enfrentará se não contiver o aquecimento global em “Mudanças do Clima”.

Capa do livro de Sergio Margulis / Reprodução

Diferentemente de outros riscos à humanidade — como, por exemplo, os causados pela atual pandemia da COVID-19 — onde a ciência busca soluções que eliminem ou reduzam substancialmente o risco em curto período de tempo, as mudanças climáticas apresentam um risco que pode durar desde séculos até milênios.

O livro cobre com uma linguagem clara, acessível e baseada no melhor conhecimento científico, os aspectos mais importantes dos problemas climáticos. Inicia com explicações sobre o que são as mudanças climáticas, suas causas físicas e claramente demonstrando as evidências de que o clima está mudando. Trata dos impactos que já são observados e daqueles projetados a longo prazo, assim como as diversas vulnerabilidades dos sistemas humanos e naturais do planeta. Em sequência, passa ao terreno da busca de soluções, tanto no sentido de mostrar possíveis cenários de redução urgente das emissões, como dando importante peso às necessidades também urgentes de adaptação e aumento da resiliência dos sistemas humanos e naturais às mudanças esperadas do clima. Sinaliza uma preocupação crescente entre os brasileiros quanto ao aumento das emissões do país nos últimos anos e a necessidade de atacar de frente estas questões para fazer o Brasil retornar a uma posição de protagonismo nas negociações
globais sobre as mudanças climáticas.

Carlos A. Nobre Pesquisador Sênior do Instituto de Estudos Avançados da USP, na apresentação do livro

O livro, em formato digital, pode ser baixado gratuitamente na internet.

Foto: Midianinja – Seca do Reservatório de Cantareira (São Paulo) / Divulgação

Sobre o autor

Sergio Margulis / Divulgação

Sergio Margulis é matemático, com doutorado em economia ambiental pelo Imperial College, Londres. Foi economista de meio ambiente do Banco Mundial em Washington DC durante 22 anos, onde aprendeu e trabalhou com questões ambientais de mais de 40 países de todos os continentes, em temas diversos como gestão ambiental, valoração econômica, recursos hídricos, desmatamentos e poluição atmosférica. Desde 2005 tem trabalhado e estudado quase que exclusivamente sobre temas ligados ao aquecimento global. Ainda no Banco Mundial, coordenou um grande estudo sobre a Economia da Adaptação às Mudanças do Clima, e liderou um estudo pioneiro que integrou análises técnicas e econômicas dos efeitos do aquecimento global no Brasil.

Ao longo de sua carreira, foi Secretário de Desenvolvimento Sustentável na Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência, assessor especial de dois ministros do Meio Ambiente no Brasil, Presidente da Feema (atual INEA, órgão ambiental do Estado do Rio de Janeiro), pesquisador do IPEA e professor de diversos cursos de graduação e mestrado. Atualmente é Pesquisador Sênior Associado do Instituto Internacional para a Sustentabilidade (IIS), do Instituto Clima e Sociedade, ambos no Rio de Janeiro, e da WayCarbon, em Belo Horizonte.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *