Sobre a Corporeidade

No décimo artigo da série sobre os valores civilizatórios afro-brasileiros, um olhar sobre a corporeidade enquanto linguagem, o conhecimento do corpo e sua valorização. O corpo carrega em suas marcas as memórias da nossa ancestralidade.  Por Cassia Flavio de Oliveira – A corporeidade como valor afro civilizatório, refere-se à relação do ser com seu corpo.  […]Ler mais

Cooperativismo hoje e sempre

No artigo IX da série dos valores afro-brasileiros, uma reflexão sobre o Cooperativismo. Apresenta as características desse valor presentes no teatro e na vida social. Por Lieta – Uma mão lava a outra, você provavelmente já ouviu essa frase alguma vez na vida. Caso não tenha, eu te falo o que ela significa: ajudar o […]Ler mais

O Valor da Memória

No artigo VIII da série dos valores afro-brasileiros, Cauã Oliveira fala sobre a MEMÓRIA. Ela nos torna sujeitos de afeto, humanos, sujeitos sociais.   Por Cauã Oliveira  – QUEM É VOCÊ?  Como você se chama? Qual a origem do seu nome? Quantos anos você tem? Onde você mora? Qual a origem da sua família? Você tem […]Ler mais

Agô! O Valor da Ancestralidade

No artigo VI da série dos valores afro brasileiros, Dg Martins escreve sobre o valor ANCESTRALIDADE. Debate sobre descobertas identitárias, valorização da cultura africana e afro brasileira e pede licença para demonstrar suas produções artístico-poéticas. Por Dg Martins – Para discutirmos ANCESTRALIDADE, primeiro precisamos pedir licença para aqueles que nos antecederam. Licença aos nossos ancestrais. […]Ler mais