Decrescimento! Um questionamento ao crescimento econômico

Rede Brasileira pelo Decrescimento Sustentável (RBDS) promove Seminário na Cúpula dos Povos

 

Por Alessandro Muniz e Isadora Morena, da Agência Jovem de Notícias Internacional na Cúpula dos Povos

 

Decrescimento, segundo a mestre em desenvolvimento sustentável Mildred Gustack, é um termo que soa como uma “palavra projétil”, tamanho é o espanto da maioria das pessoas ao escutarem, verem ou lerem o termo. Afinal, estamos acostumados a ouvir frequentemente a importância e necessidade do crescimento econômico incessante.

O conceito critica a idéia de que “fora do sistema do crescimento não há saída. Um crescimento infinito em um planeta de recursos finitos é fisicamente impossível e ideologicamente absurdo”, afirma material da RBDS. “Não se questiona mais o crescimento econômico. Cresce-se por crescer. Desenvolve-se por desenvolver. Não se sabe o que está sendo desenvolvido, o que está crescendo, afirma Mildred, e completa que “Quando se fala em crescimento econômico, se pensa em qualidade de vida, o que não tem absolutamente nada a ver. Esse crescimento é do Produto Interno Bruto anual, o aumento da atividade econômica do país. Essa ligação é muito perigosa, pois faz com que as pessoas tenham um conceito de crescimento, de desenvolvimento humano baseado no econômico”.

O movimento pelo decrescimento trabalha com um conjunto de propostas, alternativas, teorias e conceitos, fazendo a crítica da mentalidade desenvolvimentista. Ideias como ecovilas, permacultura, economia solidária, transição do modelo baseado em combustíveis fósseis para outro menos dependente, cooperativismo, autonomia e agroecologia, são discutidas e fazem parte da prática dos indivíduos e organizações que compõem a RBDS.

A Rede Brasileira pelo Decrescimento Sustentável (RBDS) será oficialmente lançada na Cúpula dos Povos, no Seminário sobre Decrescimento realizado no dia 18/06, no auditório Min. João Alberto Lins e Barros, na UFRJ Praia Vermelha. O evento traz nomes internacionais, tais como Panos Petridis, da Universidade de Klagenfurt (Áustria – Grécia), representando a Rede Internacional pelo Decrescimento e  nacionais como João Luis Homem de Carvalho, da Unb e membro da RBDS.  A rede funciona desde março através de lista de discussão decrescimento@yahoogrupos.com.br e no blog decrescimentobrasil.blogspot.com.