Morre de Covid-19 o guerreiro Aruká Juma

Essa reportagem publicada originalmente no portal Amazônia Real, conta um pouco da história do guerreiro Aruká Juma, último homem da etina, que morreu por complicações da covid-19 após ter feito uso de medicamentos sem eficácia no combate à doença. Por Luciene Kaxinawá – Porto Velho (RO) – “Nosso pai lutou muito, foi um guerreiro, e sua […]Ler mais

20 de janeiro é o dia da consciência indígena

Data celebrada por todo o país relembra a resistência dos povos originários diante da colonização europeia; artistas apresentam música indígena contemporânea em live – Hoje (20) é o Dia Nacional da Consciência Indígena. A data faz referência à história de luta e resistência dos povos originários do Brasil pela sobrevivência, preservação de sua cultura e […]Ler mais