VISITE A EXPOSIÇÃO VIRTUAL “MEMÓRIAS DE UMA EPIDEMIA”

A parte 2 da exposição está disponível digitalmente, e reúne material de diversas organizações da sociedade civil que atuaram, ao longo de décadas, nas diversas frentes de enfrentamento à epidemia de HIV* – O Museu da Diversidade Sexual – MDS, instituição vinculada à Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, com gestão da […]Ler mais

Quem é você? Um (re)olhar sobre si

Esses tempos olímpicos podem parecer mais uma questão de diversão e descontração, mas para mim é também de reflexão. Por Erik Martins – Quem é você? Digo, quem é você para além do que tentaram fazer com você? Em tempos de grandes eventos esportivos, como essas olimpíadas, volto a me fazer essa questão. Entenda, eu […]Ler mais

A inquietação demanda ação

Se colocar na defesa dos direitos básicos a cada pessoa e da natureza é necessário ainda. Mas não podemos parar por aqui. Porque o que estamos precisando muito é de práticas de desconstrução da mente preconceituosa e autoritária.  Por Erik Martins – Diz o ditado que atitudes falam mais que palavras. E acredito que seja […]Ler mais

Sobre a retórica preconceituosa que inverte a realidade

Enquanto os intolerantes falseiam a realidade, grupos minorizados são penalizados. E assim a democracia perde força, pessoas são desacreditadas e feridas. Por Erik Martins – Em pleno Mês do Orgulho… eu estou revoltado! Me desculpem, eu queria trazer um texto leve ou que tratasse de conscientização de forma artística pelo fim do preconceito. Mas não […]Ler mais

OFICINAS E FESTIVAL ATLAS DAS JUVENTUDES

Para marcar o lançamento do Atlas das Juventudes, dos dias 9 a 12 de junho acontece o Festival Atlas das Juventudes – O evento conta com atividades nas mais diversas linguagens, formatos e plataformas possibilitando a integração da comunidade científica, as organizações e as juventudes para a reflexão sobre as questões identificadas na pesquisa. Durante 4 dias, o Festival […]Ler mais

A natural força da vida

Esse dia não é algo em si, finito. Ele é um símbolo de uma história muito maior. De uma luta repleta de lágrimas, suor e sangue pela necessidade de ser quem se é. Por Erik Martins – Dia 17 de Maio. Um misto de sentimentos. Para uns é sinônimo de alegria, festividades, e todas as […]Ler mais

Sobre ser artista… e LGBTQIA+

Uma reflexão sobre ligações e descobertas entre a arte e as vivências LGBTQIA+ Por Erik Martins – Uma vez pediram à atriz Fernanda Montenegro uma dica para quem quisesse seguir a carreira artística. Ela respondeu: desista. Disse para procurarem outra coisa que fosse do interesse de cada um. Isso se fosse o caso de alguém […]Ler mais