Pró-vida ou conservadorismo?

No Brasil, questões religiosas e estruturais impedem o avanço das discussões sobre a legalização do aborto. Números mostram que, no caso uruguaio, o direito de decidir sobre interromper ou não uma gravidez traz segurança para as mulheres e impacta positivamente as ações de planejamento familiar. Por Maria Eduarda Grolli – Segundo dados do Ministério de […]Ler mais