A Conferência do Clima em Katowice contada por adolescentes de diferentes países

Texto por Paulo Lima, Diretor Executivo da Viração Educomunicação.
Tradução por Jéssica Rezende.

Vinte jovens estudantes e pesquisadores do Brasil, Argentina, Peru, Colômbia e Itália estarão na Conferência das Nações Unidas sobre o Clima (COP24), que acontecerá em Katowice, Polônia, do dia 03 a 14 de Dezembro, como repórteres. O evento contará com a participação de 20 mil pessoas: agentes dos 197 países que assinaram o Acordo de Paris, representantes de indústrias multinacionais e observadores de Organizações Não-Governamentais e de movimentos sociais ao redor do mundo.

Patricia Espinosa, secretária-geral da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança no Clima (UNFCCC), enxerga a COP24 como um passo importante para a diplomacia climática internacional à medida que os países avançam no cumprimento aos compromissos firmados no Acordo de Paris.

“Na Conferência em Katowice, nós esperamos alcançar resultados importantes. Em primeiro lugar, é necessário completar as diretrizes do Acordo – assim como é necessário equilibrar os resultados dos países que estão atingindo os objetivos de forma coletiva para respeitar o Acordo de Paris e aumentar o nível de ambição das ações a serem tomadas nos próximos anos.”

A comunidade científica internacional lembrou recentemente a urgência de intervir com a redução da emissão de gases de efeito estufa, se quiser respeitar o objetivo de manter o aquecimento global abaixo dos 1.5ºC, conforme solicitado no Acordo de Paris. Para evitar mais impactos dramáticos na vida humana e nos ecossistemas naturais, “uma ação rápida, nunca feita antes” é necessária.

Existe uma urgência e é fundamental que a sociedade civil faça pressão por meio das delegações dos países nas negociações em Katowice. Por este motivo, é importante a participação juvenil.

A participação da delegação juvenil internacional é uma das principais atividades do projeto Agência Jovem de Notícias, promovido pela Associação Viração Educomunicação no Brasil, Fundación Tierravida na Argentina, Climalab na Colômbia e na Viração&Jangada na Itália, com o apoio da Província de Trento, o Centro Europeu Jean Monnet, a Associação Mazingira, a Fundação Fontana, o Portal Unimondo, a Associação In Medias Res e o apoio científico do Observatório do Clima Trentino.

Entre as atividades mais esperadas está a participação na Conferência Internacional da Juventude (COY14).

A COY14 acontece do dia 29 a 1 de Dezembro. Será a ocasião para dar um espaço para os jovens de todo o mundo compartilharem seus conhecimentos e experiências sobre o tema das mudanças climáticas, criar novas redes e movimentos, desenvolver ideias criativas e se preparar para a próxima COP24 assumindo o papel de protagonistas. Por exemplo, os estudantes italianos terão muitas experiências para contar: a maioria dos depoimentos do evento mais intenso depois da enchente de 1966, que atingiu Trentino no fim de Outubro.

Chuvas e ventanias recorde que marcaram dramaticamente o nosso território, são provavelmente o sinal esperado do aumento da intensidade e da frequência de eventos climáticos extremos. Como consequência da mudança climática, estes eventos nos envolverão nos Alpes também no próximo ano.

O principal objetivo da Agência Jovem de Notícias é narrar os dois eventos internacionais pela perspectiva da juventude – por meio da produção de artigos, fotografias, vídeos e performances. A principal plataforma de compartilhamento é o site e as mídias sociais (Facebook e Instagram) – mas, também, jornais, rádio e revistas locais e nacionais. Os artigos serão traduzidos e publicados nos sites de outras agências em Português, Espanhol e Italiano.

Para acompanhar as novidades de Katowice:
em inglês: www.youthpressagency.org
em português: www.agenciajovem.org
em espanhol: www.agenciajovendenoticias.org
em italiano: www.stampagiovanile.it