“Imparcialidade tem cor, gênero e classe social”

Por Mariana Assis e Juliane Cruz O Jornalismo, enquanto uma potente forma de comunicação social, constrói narrativas capazes de dar visibilidade a questões que permeiam a vida em sociedade. Sendo assim, quando não é capaz de olhar pelas diferentes perspectivas, tem a potencialidade de invisibilizar e até mesmo de criar estigmas sobre diversos grupos sociais. […]Ler mais

Como defender os direitos humanos?

Por Vitor Alves Quando falamos em direitos humanos, pensamos de maneira geral que são assuntos chatos ou sem importância, mas se nos atentarmos no dia a dia iremos perceber de maneira clara a sua importância nas atividades rotineiras. Nos séculos anteriores, os direitos humanos eram desconhecidos ou tinham significado apenas para os nobres. Com o […]Ler mais

Jornalismo também é coisa pra jovem?

Em uma sociedade hiperinformada, fazer jornalismo aprofundado, e que alcance o público jovem, é um desafio Por Safira Teodoro | Fotos Lucas Messias e Safira Teodoro A repórter especial da Agência Pública, Andrea Dip, a jornalista francesa Manon Paulic e o professor de comunicação da Universidade Federal da Bahia, Wilson Gomes, inauguraram o seminário “Jornalismo: […]Ler mais

“Qual o sentido da democracia se uma mulher negra que

Por Juliana Winkel, da Agência Jovem de Notícias na Itália Delegação brasileira em visita ao Papa Francisco: Marielle, Direitos Humanos e Democracia “A cultura da violência no Brasil é um reflexo de uma consolidação frágil da democracia. E o quadro político do país, desde o impeachment, corrobora esta tendência histórica.” A afirmação é de Paulo […]Ler mais

Competência, emprego e a geração nem-nem

Maurício de Paula para a Agência Jovem de Notícias/Foto: Marcelo Sant Anna/ Imprensa MG (02/07/2015) “É uma população que vai ser vulnerável, vai ter mais dificuldade de achar emprego, corre maior risco de cair na pobreza.” Foi esse o alerta feito pelo representante do Grupo Banco Mundial no Brasil, Martin Raiser, ao analisar o cenário […]Ler mais