Parada Gay: Participantes falam sobre tema do evento

 

SÃO PAULO – A Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOLGBT) é uma organização da sociedade que luta pelos direitos igualitários para lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. Responsável por organizar a Parada Gay mais famosa do mundo, a organização escolheu para a edição deste ano o tema “Para o armário, nunca mais!”, no entanto, a APOGLBT ressalta que objetivo da expressão não é incitar que as pessoas assumam sua homossexualidade, pois esta é uma iniciativa pessoal, mas sim compreendê-la como uma palavra de ordem  para que não haja recuo dos que se assumem.

A partir de disse, a Agência Jovem de Notícias resolveu entrevistar alguns participantes da 17ª Parada Gay, que acontece em São Paulo neste domingo, 02, para saber o que pensam sobre o tema. Deem uma olhada.

“Além da diversão que é proporcionada, existe a busca pelos direitos. Temos que lembrar o que realmente importa e usar essa oportunidade para chamar a atenção da mídia.”

Elizabelle Ribeiro, 23 anos, moradora de Campinas

“É um momento de celebração onde devemos reforçar a luta contra esse momento político que vive o Brasil, contra as comparações que são feitas.”

Melisande Esmero, 30 anos, morador de São Paulo

“É a oportunidade de sermos livres, de ter liberdade de expressão e fazer com que as pessoas percebam que nos somos iguais a elas, que somos normais!”

Pamela Thompson, 28 anos, moradora de São Paulo

“Temos que ter cuidado. A parada da diversidade não é um carnaval fora de época. As pessoas estão perdendo o foco e não podemos esquecer a real intenção desse movimento e ter mais cuidado ao escolher nossos representantes para que defendam a diversidade.”

Michelli Heloisa, 15 anos, Thaislane Correia, 15 anos, e Giovanna Souza, 16 anos

“Não tem cabimento ele (deputado Marco Feliciano – PSC-SP) estar lá (Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados). Ele deveria ser alguém que promovesse a igualdade e não provocar o ódio, Ele não nos representa e nunca nos representará!”

Aline Souza, 21anos, Diego Balduino, 23 anos, e Jader Willian Brito de Andrade, 21 anos, moradores de Santa Cruz das Palmeiras, interior de São Paulo

 

Por Carlos Eduardo, 17 anos, e Jaqueline Santos, 15 anos, adolescentes comunicadores

Leia também

“Priorizar os aspectos negativos é jogar a opinião pública contra o evento”, diz deputado Jean Willys sobre a Parada Gay

Nova musa do movimento LGBT, Daniela Mercury agita participantes da Parada Gay