Juventude e Educação para a Sustentabilidade: Será que agora vai?

Por Sabrina Martins e Mayane Vieira, do Rio de Janeiro (RJ)

Na tarde de hoje, 13, aconteceu a cerimônia de abertura do Encontro de Juventude e Educação para Sustentabilidade Socioambiental que contou com as presenças do ministro da Educação, Aloizio Mercadante; da ministra do Meio Ambiente, Isabella Teixeira;  de Rogério Sotilli, representando o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho; da representante do UNICEF no Brasil e do conselheiro nacional de juventude, Leo Machado.

A fala dos convidados ressaltou a importância do debate sobre sustentabilidade estar presente no dia a dia das escolas do Brasil. “Não é importante o que não chega na sala de aula” disse Mercadante.

A importância dos jovens como atores decisivos no processo de conscientização da sociedade para as questões que envolvem o meio ambiente e a integração de comunidades indígenas e quilombolas nesse processo também foram muito pautadas.

A ministra do meio ambiente destacou a importância de se assegurar espaços para a discussão do tema, principalmente nas escolas, para que a sociedade possa ser ativa nas discussões e nas decisões realizadas pelos representantes.

Pode-se perceber que a grande expectativa é que a conferência da ONU seja apenas o começo de grandes efetivações, para que possamos enfim concretizar a realização de uma sociedade mais justa e sustentável.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *