Jogos Eletrônicos é tema na SBPC Jovem.

SBPC Jovem: Se liga no jogo!

Jogos Eletrônicos vira discussão na SBPC Jovem.

Em acontecimento numa das oficinas na área jovem da 64ª Reunião anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Científica (SBPC), realizada na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Bárbara Colleres, 16 anos, e Emanuel Fróes, 17 anos, de Imperatriz (MA), falaram sobre a “Influência dos jogos violentos na adolescência, diante do abandono afetivo”. Este projeto tem como objetivo mostrar aos pais sobre a importância do acompanhamento no desenvolvimento dos seus filhos durante a adolescência, por ser uma fase de transição, em que ocorrem mudanças físicas e mentais, onde o individuo procura uma identidade própria, ou seja, fase onde se define a personalidade.

De acordo com os idealizadores, o adolescente, muitas das vezes, deixa-se influenciar pelo meio em que vive, como por exemplo, assumindo hábitos e jeitos de amigos que o cercam. Claro que nem todos, mas é a partir desse momento que entra um ponto chave: a educação. Eles pontuam que os pais, em geral, sempre tentam educar seus filhos da melhor maneira possível, tentando criar nestes uma personalidade, sendo constituinte desta a determinação, maturidade, e, portanto, não se pode educar visando a produção de personalidade, caso os pais, por sua vez, não possuírem tais características.

Os dois jovens afirmam, também, que devido ao fato de muitas pessoas hoje estarem sempre ocupadas e muito estressadas com grandes jornadas de trabalho, seus respectivos filhos acabam deixando de praticar atividades educativas e tentam suprir o tempo ocioso com, por exemplo, jogos violentos. Segundo eles, as crianças, adolescentes e jovens, ou até mesmo adultos podem acabar também sendo influenciados, podendo interferir no comportamento ou impondo maneiras diferentes na vida dos mesmos.

Quer saber mais sobre a opnião da Bárbara Colleres e do Emanuel Fróes sobre jogos eletrônicos? Confira no vídeo:

 

Texto: Elayne Pereira (MA) e Tacila Nascimento (MA) / Imagens: Elayne Pereira (MA)

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *