Rola na Teia!

Por: Adrielly Santos, Mauri Sales e Verônica Mendonça

Em Embu das Artes, na 1ª Teia Regional Oeste de Cultura, das 9 até as 11 horas da manhã de hoje rolou um seminário sobre o Programa Cultura Viva, com Célio Turino. O programa começou em 2004 com objetivo de apoiar ações culturais e fortalecer o elo entre Estado-sociedade para potencializar as pessoas, entidades e instituições. No bate-papo foi destacada a importância da construção dos pontos de cultura como um processo de identidade, onde, somada ao protagonismo e a intersecção entre os outros diversos pontos, faria surgir uma grande teia de cultura alheio ao grande mercado de consumo.

Às 14 horas também aconteceu a Roda de Conversa Deliberativa entre os representantes dos pontos de cultura presentes para articular melhor a rede e levantar algumas propostas que serão encaminhadas para a Comissão Paulista dos Pontos de Cultura. Como fazer a intersecção entre o ponto de cultura e a comunidade foi um dos assuntos levantados e que mais chamou a atenção de Mauri Sales, participante da roda. As respostas foram surgindo e a conclusão foi de que antes de sermos ponto cultural, somos parte de uma comunidade e, com isso, devemos fazer com que a comunidade se una sem deixar de ser o que somos e nem esquecer de onde viemos.

Veridiana Negrini, uma das organizadoras da Teia, disse que a roda de conversa é o momento mais rico do trabalho pois ela contribui para se aprender a ouvir o outro, além de fortalecer o grupo, sendo que é aí que a teia realmente começa a se tecer.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *