Roda de conversa com piquenique e outras atividades celebraram o Dia Mundial da Juventude em Parelheiros, extremo sul de São Paulo

  

DSC00510

 

Pedro Neves, da Redação | Imagens: Pedro Neves

Ontem (12) foi celebrado o Dia Mundial da Juventude. Diversas ONGs, movimentos e grupos de defesa da criança e do adolescente promoveram encontros pelo mundo inteiro. Em São Paulo, a Abong – organizações em defesa de direitos e bens comuns em parceria com a Viração e o Engajamundo realizaram um encontro na Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura, em Parelheiros, zona sul da capital paulista. As instituições organizaram uma roda de conversa sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e Mudanças Climáticas com um piquenique e atividades relacionadas ao tema.

Em 2008, o Instituto Brasileiro Estudos Apoio Comunitário (Ibeac) decidiu concentrar parte de suas ações em Parelheiros. Daí surgiu o projeto dos jovens Escritureiros, que desenvolve diversas atividades como a Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura, um museu a céu aberto, mediação para bebês, literatura e cantigas de roda para grávidas e mães, entre outros.

Logo na chegada, às 12h, começou o piquenique. Aos poucos, os jovens foram chegando a roda foi se formando. Convidados como o Rafael Fernandes, do coletivo Clímax Brasil, Raquel Rosenberg, da Engajamundo, e o Mark Lutes, da WWF puderam partilhar suas experiências profissionais. Questões como o significado da palavra sustentabilidade, maneiras alternativas e harmônicas com o meio ambiente e a quebra do paradigma que país desenvolvido é país rico foram debatidas. A Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura já é toda pensada na preservação do meio ambiente. Paredes pintadas com tinta vinda da terra, uma horta na entrada e todo um trabalho em prol do desenvolvimento sustentável chamam a atenção.

Após um longo tempo de bate-papo, outras atividades rolaram. O pessoal do Engajamundo fez um quiz sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Quem acertasse a resposta ganhava um kit ativista, composto por 5 lambe-lambes diferentes, um fanzine e flyers sobre meio ambiente e mudanças climáticas. A tarde em Parelheiros terminou com a reprodução de mensagens de sensibilização em estêncil, em camisetas brancas.

A importância da juventude em discussões sobre o clima, erradicação da pobreza, igualdade de gêneros e diversos outros tópicos é de suma importância. As grandes entidades tentam resolver os problemas mundiais e se esquecem de ouvir – ou ignoram – a juventude. Que o dia 12 de agosto seja, a cada ano, mais celebrado, trabalhado e respeitado nos quatro cantos da Terra.

 

DSC00509

DSC00516

DSC00519

DSC00500

DSC00533

DSC00490

DSC00526

DSC00530

DSC00502

Jornalista, professor e educomunicador. Responsável pelos conteúdos da Agência Jovem de Notícias e Revista Viração.

Ver +

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *