Grupo de Crianças e Jovens ao final da Rio+20

Rio+20: Declaração final feita por jovens e crianças

Milhares de pessoas, organizações, ideias e causas, todos se relacionando com desenvolvimento sustentável e erradicação da pobreza, principalmente. A sociedade cívil marcou presença e se manifestou de várias formas, pórem nem em todos os espaços foi permitido se expressar, principalmente dentro do Rio Centro, apenas membros de governo puderam se manifestar no encerramento da Conferência, mas mesmo assim a sociedade, a partir dos jovens e crianças, criaram a sua declaração final sobre o processo.

Diferentemente de 20 anos atrás, a sociedade civil também estava dentro do espaço oficial da Conferência de Desensolvivento Sustentável da ONU, mas com outro nome, Grupos de Interesse (Major Groups, em inglês), acompanhando e fazendo o seu esforço para influenciar o documento final.

Essa influência foi tão timida que muitas pessoas olham como praticamente inexistente, muito mais por falta de abertura por parte do governo.

E mesmo sem o espaço para a manifestação dentro da plenária oficial ao final da conferência, o Grupo de Interesse de Crianças e Jovens fez sua declaração final, que após ser lida em um dos eventos paralelos onde estavam representantes de todos os 9 grupos de interesse, foi indicada como fala da sociedade civil que participou do processo oficial.

Leia a tradução abaixo:

Eu quero que vocês imaginem uma geração que tenha sido condenada, imagine crianças privadas de um mudo sem guerras, imagine uma comunidade onde seres humanos são escravos de seus semelhantes e onde doenças e fome são a ordem do dia. Esse é o futuro que nós lhe avisamos em 1992 e esse futuro, é hoje.

Se essas folhas de papel são nosso futuro, então vocês venderam nosso destino e subsidiaram nossa destruição.

Onde estava nossa voz, a voz de nossas crianças e nossos netos nisso? Como vocês poderão ouvi-los no futuro se vocês não mostram a vontade de criar o espaço agora?

Nós temos um planeta. Nosso ser, nosso pensamento e nossa ação não deveriam ficar restringidos a fronteiras nacionais, mas por planetárias. Vocês não conseguiram se libertar de interesses nacionais e corporativos e reconhecer nossa necessidade em respeitar um conjunto maior e mais transcendental de fronteiras.

Nós viemos aqui para celebrar nossa geração. Nós dançamos, sonhamos e gritamos nas ruas do Rio e encontramos algo no que acreditar. Vocês escolheram não celebrar conosco.

Vocês deveriam mostrar liderança. Não era o seu trabalho meramente procurar consenso. Era o seu trabalho se comprometer, mostrar ambição e liderar. Vocês falharam.

Vocês trabalharam arduamente para chegar a um acordo. Então, se algum de vocês achar que esse documento é ambicioso e orientado para ações como vocês disseram que queriam, por favor, levante-se.

Se você não conseguir se levantar, então você não deve estar disposto a avançar.

Portanto nós iremos avançar por vocês.

Nós sabemos disso:

Nós precisamos de cooperação intergeracional.
Nós precisamos de inovação e criatividade.
Nós precisamos aderir aos valores da sustentabilidade, igualdade, justiça e respeito pelos direitos humanos.
Nós precisamos reconhecer que os recursos materiais são finitos, mas o potencial humano não é.

Então saia do nosso caminho e…

Nós iremos criar instituições globais fortes
Nós iremos criar novos paradigmas de riqueza e prosperidade
Nós iremos agir como a voz de gerações futuras, uma que vocês deliberadamente ignoraram.
Nós iremos nos manter unidos alem de fronteiras e conectar os interesses nacionais que nos dividem
Nós iremos implementar o que vocês não fizeram.

Nós estamos avançando decisivamente com ações. Nós não estamos intimidados.

Aqui o vídeo de quando ele foi lido perante os representantes dos Grupos de Interesse (em inglês).

por: Luciano Frontelle, virajovem Boituva

Rafael

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *