Redução da maioridade penal e racismo são temas discutidos em encontro de midialivristas

IMG-20150517-WA0031

Bruno Ferreira, enviado da AJN ao Rio de Janeiro | Imagem: Jéssica Santos/ CCJ Recife

Uma das questões atuais que representa um grande retrocesso na garantia de direitos é a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 171/1993, que tramita no Congresso Nacional, e que propõe a redução da maioridade penal no Brasil para 16 anos. A manhã do 16/05 foi dedicada ao diálogo em torno dessa questão com os participantes do Encontro Midialivrismo e Juventude, que aconteceu na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro, puxado por Daniele Orofino, jovem integrante do movimento Amanhecer, pioneiro em uma campanha contra a redução da maioridade penal no Brasil.

Após a fala de Daniele, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL/RJ), que também é professor da UniRio, falou sobre identidade, diversidade sexual e sistemas de representação, além de também opinar sobre a questão da criminalização da juventude. Daniele inicia o debate compartilhando a experiência de uma campanha contra a redução da maioridade penal no Uruguai, país onde a maioria da população – assim como o Brasil – era favorável à redução. “Lá a campanha pela não redução começou com militantes nas ruas para testar argumentos que mais funcionavam contra a redução”.

Na sequência, Jean Wyllys falou sobre identidade e representação: “Os sistemas de representação faz com que algumas posições sejam vistas como ruins. Se o meu repertório cultural traz representações do negro em condição subalterna, com uma publicidade que exclui o negro da representação, numa cultura que associa à branquetude o que há de belo e bom, vem o que chamamos de racismo.”

No vídeo a seguir, você confere as falas de Daniele e Jean na íntegra, além da intervenção dos participantes:

Jornalista, professor e educomunicador. Responsável pelos conteúdos da Agência Jovem de Notícias e Revista Viração.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *