A rede como transformadora na cultura política da sociedade civil

internet public 1

Nessa semana de Arena NET mundial, a discussão sobre a nova conjuntura de democracia na sociedade em rede não poderia faltar, já que estamos no auge dessa vivência.

A internet se tornou uma ferramenta de fortalecimento da democracia, uma vez que amplificou a voz da sociedade civil, visto que a mudança começa a partir da luta de baixo para cima.

O fato de a internet ser o principal instrumento de mobilização social nos dias está sendo percebido aos poucos pela sociedade, porém quase não se discute como foi esse processo. Pouco se sabe, por exemplo, que se hoje a internet é horizontal, democrática e, sobretudo, participativa, porque movimentos da década de 90 a idealizaram assim. Depois que a internet se expandiu enquanto serviço aberto para a venda, à rede foi concebida apenas como um meio de comunicação tradicional onde há um emissor e vários receptores.

A cultura de fazer mobilização pela rede não é de 2011, ano da eclosão da primavera árabe ou mesmo de junho de 2013. Tal cultura política é utilizada pelos movimentos sociais que buscavam unificar a luta para além de da sua localidade e sim no âmbito global como o movimento antiglobalização da década de 90. Com a difusão da internet isso mudou completamente, esse movimento foi articulado em escala global, havendo várias intervenções no mundo todo simultaneamente.

Desse modo, a emancipação social e a experiência da democracia plena a cada dia estão sendo pautada também pelas redes e alcançando vitórias, como a aprovação do Marco Civil, prova de que a sociedade civil organizada é capaz de conquistar direitos.

Por Letícia Cardoso | Imagem: Creative Commons

carolina ellmann

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *