#QuarentenaNaQuebrada, parte 3: juventudes falam sobre o isolamento

Chegamos à terceira e última parte da série de vídeos-selfie com jovens de São Paulo contando como está o isolamento nas quebradas da zona sul

Por Monise Berno

Lá se vão meses em isolamento social. O Brasil agora é um dos epicentros da pandemia do coronavírus, e muito pouco se caminhou em termos de políticas públicas que possam garantir proteção e combate às desigualdades imensas presentes nos territórios periféricos em todas as regiões do país.

Diretamente afetadas pelo isolamento social, as juventudes são um dos grupos sociais que mais sofrem os impactos do avanço da Covid-19. Uma equipe de educadoras da Viração Educomunicação conversou com alguns jovens para saber como eles vem enfrentando essa nova realidade, pedindo que respondessem algumas perguntas:

Você está trabalhando? As pessoas do seu bairro estão aderindo ao isolamento social? Como você está se sentindo diante dessa nova realidade? O que tem feito para ocupar o tempo livre?

Eles responderam em pequenos vídeo-selfies, que podem ser vistos na série #QuarentenaNaQuebrada, disponível aqui no site e nos canais da Agência Jovem de Notícias nas redes sociais.

Essa semana compartilhamos os três últimos depoimentos. Assista:

Para o Kayky, jovem de 16 anos morador do Grajaú, está difícil conviver com as pessoas que não estão levando a sério os riscos da pandemia. Apesar da geração de renda que vem do trabalho com cortes de cabelo estar prejudicada pelo isolamento social, o melhor a fazer nesse momento é ficar em casa e evitar sair sem necessidade:

“Meio difícil, né?” assim começa o relato do Willyan, de 18 anos, que mora no Jardim Magdalena. Ele contou que sua mãe não está morando com eles para ficar próxima do trabalho e evitar deslocamentos, enquanto ele fica com sua avó e mantém sua rotina e mantém sua renda trabalhando no esquema de ‘home office‘:

A Thayná, que tem 18 anos e também fala diretamente do Grajaú, se sente aflita com o cenário imposto pela pandemia. a mãe dela continua trabalhando, enquanto o restante da família cumpre o isolamento social. Ela se mantém informada sobre o avanço do coronavírus pela televisão e telejornais:

Com os depoimentos da Thayná, do Kayky e do Willyan, chega ao fim a série #QuarentenaNaQuebrada. Você pode assistir todos os vídeos da série acessando a playlist da Agência Jovem de Notícias no canal da Viração Educomunicação no Youtube.

Para ler sobre a primeira e a segunda parte da série, clique aqui e aqui.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *