#FimdoTrabalhoInfantil Protagonismo juvenil na 3ª Conferência Global sobre Trabalho Infantil

Ítalo Carlos Meotti (DF), Thailane Oliveira (RJ) e Sarah Suzane (AC) | Imagens: Wesley Pizzol (ES), todos adolescentes comunicadores em Brasília

Educomunicador: Bruno Ferreira

Nesta segunda-feira (07/10), jovens de 20 estados brasileiros se reuniram no Centro Cultural de Brasília (CCB) numa preparação para a cobertura educomunicativa da III Conferência Global sobre Trabalho Infantil, que acontece no período de 08 a 10 de outubro, em Brasília. Trata-se de uma atividade em que os adolescentes exercem seu direito humano à expressão, atuando como comunicadores na produção de mídias como: rádio, vídeo, boletim impresso e fotografia. Parte do grupo de adolescentes irá ainda participar politicamente do evento.

A adolescente Alanna Mangueira, de 15 anos, de Sergipe, diz que se sente honrada e privilegiada por representar seu estado. “Muito mais do que simplesmente estar aqui, é manter mente e ouvidos bem abertos para aprender o máximo possível e levar o que aprendi para o meu estado. O protagonismo juvenil é essencial! Afinal, estamos tentando combater algo que é comum no nosso dia a dia.”

Já o Daniel Mendes, de 15 anos, mais conhecido como Cazuza, veio de Florianópolis e resaltou a importância do envolvimento de todos jovens e adultos na luta. “Eu me vejo como um beija-flor jogando uma gota d’água em um incêndio. Aparentemente insignificante! Porém se existisse mais beija-flores seria mais fácil de apagar o incêndio.”

E assim como Alanna e Daniel, todos os adolescentes estão envolvidos em atividades como debates e produção de mídia, com os quais não só adquirem informações, mas também consciência crítica.

Bruno Ferreira
Jornalista, professor e educomunicador. Responsável pelos conteúdos da Agência Jovem de Notícias e Revista Viração.

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *