Pastoral da Aids lança documentário contando sua história

Instituição da Igreja Católica atua, há dez anos, no acolhimento e na orientação de tratamento às pessoas que vivem com HIV

 Nesta quinta (30), no auditório Guaraci, aconteceu o lançamento do documentário “A vida é maior que a aids, a história da Pastoral da Aids”.  O vídeo de 11 minutos conta os dez anos de história da Pastoral, um projeto da Igreja Católica que, junto com o Ministério da Saúde, vem realizando ações no campo de prevenção, diagnóstico precoce e acompanhamento das pessoas que vivem com o vírus HIV e aids.

Garantir o diagnóstico precoce é um dos principais objetivos da Pastoral. “Nossa prática tem mostrado que as pessoas que encontramos e chegam ao óbito são aquelas que tiveram diagnóstico tardio”, conta o frei Luiz Carlos Lunardi, secretário nacional da Pastoral da Aids.
A instituição acolhe e acompanha os pacientes que vivem com aids para que tenham uma vida saudável e se conectem novamente ao contexto social.  “Nossas principais ações são as de base, que fazemos nas comunidades mais vulneráveis, onde abordamos famílias, levando informações e orientando onde encontrar o diagnóstico”, explica.
Os jovens têm participação ativa na divulgação do trabalho da Pastoral. Grande parte dos 30 mil agentes espalhados pelo Brasil tem entre 18 e 29 anos. A Pastoral também oferece terapia ocupacional para os acolhidos. “Com isso, além de oferecer uma qualificação profissional, tentamos trabalhar a auto-estima das pessoas”.
Por Alisson Diemes e Ramonna Lisboa, da Agência Jovem de Notícias

Vania Correia

Ver +

2 Comments

  • Faça bonito meu lindo boa sorte, PAZ E BEM E CHOCOTO P VC.

  • ESTAMOS AQUI NA PRELAZIA DE TEFE PROMOVENDO VIZITAS DE INCENTIVO AO DIAGNOSTICO PRECOCE!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *