Para quem curte festivais de música… que tal Outras Noites?

Por: Adriélly Santos, Aleska Drychan, Henrique Andrade , João Felipe, Marcos Eduardo e Luana Viegas

Para quem gostaria de ter vivido entre as décadas de 60 e 70, não precisa mais  se lamentar. Nos próximos finais de semana acontece o Festival Outras Noites, que fará um remember da música popular brasileira – MPB em vários pontos da cidade de  São Paulo, que durante os anos 60 e 70 costumava ser palco dos principais eventos desse estilo musical que marcou o país e inspirou gerações e gerações.

Claro que nós, da Agência Jovem de Notícias, não poderíamos ficar de fora dessa e fomos bater um papo com a galera da produção e organização do festival, que é composta por três jovens: Marcio Lazaro, produtor e baterista; Kim Cotrim, produtor cultural das noites de São Paulo; e Paulinho Tó, compositor e produtor de eventos.

 

Desde maio desse ano eles estão trabalhando duro para fazer o Outras Noites acontecer. Nos últimos meses foram incontáveis reuniões para selecionar casas noturnas paulistanas, convidar artistas e bandas underground que vão homenagear os músicos daquela época, como Chico Buarque, Caetano Veloso, Rita Lee e Gilberto Gil.

No dia 01 de outubro rolou a abertura do evento, no Centro Cultura Rio Verde, e nos próximos dias a cidade será tomada pelos sons que reuniram tanta gente há décadas e passaram mensagens fortes e inspiradoras naquele período da história. O encerramento será no dia 15 de dezembro na casa noturna Studio SP, no bairro da Consolação.

Para conferir a programação e saber mais sobre o Outras Noites, acesse o site: www.outrasnoites.com.br

Evelyn Araripe é jornalista e educadora ambiental. Foi educomunicadora na Viração Educomunicação entre 2011 e 2014. Atualmente vive na Alemanha, onde é bolsista do programa German Chancellor Fellowship for tomorrow’s leaders e administra o blog Ela é Quente, que conta as histórias de vida de mulheres que estão ajudando a combater os efeitos das Mudanças Climáticas ao redor do mundo.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *