PARA ASSITIR: Confira a opinião de especialistas sobre como a educação integral pode ajudar no combate à pobreza

Uma das mesas do II Seminário Internacional de Educação Integral em Jornada Ampliada, que termina nesta sexta, dia 29, falou sobre como o ensino integral pode ajudar na superação das vulnerabilidades sociais. Especialistas do governo e de organismos internacionais apresentaram dados e pesquisas que apontam a relação da baixa educação de um país com a continuidade da pobreza, por exemplo.

“Hoje um dos maiores fatores de exclusão e de reprodução da pobreza, da falta de acesso a todos os direitos, tem muito a ver com a questão da educação. Portanto, garantir o direito à educação para crianças, jovens e muito especialmente para as famílias, é fundamental para quebrar esse ciclo intergeracional da pobreza”, afirma Maria de Salete Silva, coordenadora de Educação do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

Ao fim da mesa, os participantes conversaram com exclusividade com a Agência Jovem de Notícias para compartilhar suas opiniões sobre o tema. Além da representante do UNICEF, foram ouvidos Daniel Ximenes, diretor de condicionalidades da Secretaria Nacional de Renda e Cidadania do Ministério do Desenvolvimento Social e do Combate à Fome (MDS), Maria Claudia Falcão, coordenadora de projeto do Programa Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil da OIT, e Antônio de Oliveira Lima, procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no Ceará.

Assista as entrevistas abaixo e deixe sua opinião nos comentários!

Rafael

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *