Outras vozes precisam ser ouvidas: conheça o projeto Bienal da Quebrada

Projeto foi criado com missão democratizar o tradicional evento, levar às várias quebradas do país o acesso à literatura e ‘descentralizar o rolê’

Por Redação AJN

OUTRAS VOZES PRECISAM SER OUVIDAS

OUTRAS NARRATIVAS PRECISAM DE ESPAÇO

É a partir deste lema que se segue a apresentação do projeto Bienal da Quebrada: um projeto que tem por objetivo a arrecadação e distribuição de livros em diversas cidades do país, oferecendo novas possibilidades para incentivar a leitura nas periferias do Brasil.

No Instagram do projeto, dados mostram por que precisamos ouvir outras narrativas além das que nos são oferecidas pelo sistema de educação padrão:

Em sua página no site benfeitoria.com tem mais informações sobre as motivações do projeto e sobre o que está feito agora: levar para favelas e periferias a literatura e a um evento literário ao qual normalmente quem habita esses territórios não têm acesso, além de dar mais protagonismo a autoras e autores das periferias e com isso democratizar o acesso a oportunidades:

trazer ao protagonismo outras narrativas que já foram e estão sendo criadas, mas que ainda não têm um espaço dentro do mercado e universo literário mainstream, despertar o interesse das pessoas que moram nas favelas e periferias pela literatura e outras formas de arte, “descentralizar o rolê”. Esse é o objetivo da Bienal do Livro da Quebrada.

Enquanto a Bienal está sendo construída, o financiamento coletivo está ativo junto com uma campanha de arrecadação e doação de livros. É o QUEBRADINHAS, que apoia voluntários na arrecadação de livros, mapeamento de projetos literários independentes nos estados de São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Espírito Santo, Alagoas, Sergipe, Maranhão, Minas Gerais e Rondônia. A campanha de arrecadação contribui para o transporte dos livros arrecadados e para a locomoção dos Quebradinhas durante as atividades do projeto:

Além de levar um evento literário às periferias, queremos fortalecer outros projetos que têm a mesma missão de democratizar a literatura, com doação de livros e outras ajudas que podem tirar esses projetos do papel ou fortalecer os que já estão em execução.

A Bienal da Quebrada aceita doações de livros: b.link/formulariodedoacao 

Para contribuir com a Bienal da Quebrada, basta acessar a página do financiamento coletivo!

Acompanhe as notícias do projeto e compartilhe pelos canais sociais no Twitter e no Instagram

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *