Coluna: Onde tem gibi pra ler


Nobu Chinen, crítico de quadrinhos

Quem gosta de ler gibi, mas não pode ou não quer torrar toda a sua grana comprando álbuns ou revistas pode recorrer às bibliotecas públicas ou às gibitecas. Muitas são formadas por doações de revistas, mas nos últimos tempos, o próprio governo tem adquirido títulos em quadrinhos.

Numa cidade grande como São Paulo há ótimas espaços como a Gibiteca Henfil, que fica no Centro Cultural São Paulo, ao lado da Estação Vergueiro do metrô. A Biblioteca de São Paulo, instalada no Parque da Juventude, vizinho do metrô Carandiru também tem um bom acervo de quadrinhos. Outro lugar bacana é a HQteca Jayme Cortez, do Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, na Vila Nova Cachoeirinha.

Mesmo sem ter uma área específica para os quadrinhos, as diversas bibliotecas municipais espalhadas pela cidade costumam reservar algumas prateleiras para revistas e álbuns que você pode ler e, em alguns casos emprestar.

Toda boa biblioteca de quadrinhos, independente do tamanho, deve levar em consideração o público leitor e manter separadamente o material que é para crianças do que pode ser lido por jovens e adultos. Alguns gibis foram injustamente acusados de serem impróprios porque tratavam de temas fortes como violência e sexualidade e eram destinados a adultos, mas foram parar nas mãos de crianças. Feita essa observação, é só tomar cuidado para escolher o que é mais adequado para cada faixa de idade que aí fica tudo bem.

E na sua cidade? Tem alguma gibiteca? Dê uma pesquisada e mande as informações pra gente. Envie o nome da blblioteca, endereço, que tipo e quantidade de material ela tem e, se possível, junte uma foto do local. Se não tiver, que tal mobilizar o pessoal para montar uma? Quem sabe na biblioteca da sua escola ou de um centro comunitário no seu bairro? Dá pra começar aos poucos com doações da vizinhança.

Jornalista, professor e educomunicador. Responsável pelos conteúdos da Agência Jovem de Notícias e Revista Viração.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *