Oficina para profissionais de saúde e educação aborda como trabalhar com adolescentes que usam drogras

 oficina_neca

Nos dias 23 e 24 de abril, a Associação dos pesquisadores dos núcleos de estudos e pesquisa sobre a criança e o adolescente (Neca) promoveu, pela segunda vez, a oficina: “Trabalho com adolescentes e jovens usuários de drogas – Aproximações sobre a questão da adicção: o fenômeno, o indivíduo e os serviços e programas para usuários e dependentes de substâncias psicoativas”. Essa mesma oficina será oferecida pela organização no segundo semestre deste ano.

Com a participação de profissionais das áreas da assistência social, saúde, educação e da área responsável pela gestão de políticas sobre drogas o debate e a reflexão aproximou a prática desses profissionais ligados a essa temática com uma reflexão atual sobre como abordar, encaminhar e tratar a questão.

Segundo relato dos participantes, a partir de uma exposição dialogada e de dinâmicas, foi possível reconhecer o fenômeno, os conceitos e as teorias existentes sobre o uso, abuso e dependência de substâncias psicoativas e refletir sobre os sentidos e desafios para execução de políticas públicas nessa área.

Na fala de uma participante “foi possível reconhecer o fenômeno, preconceitos e tipos de serviços que são realizados em outros municípios”.  Na perspectiva de outra participante, “o encontro permitiu principalmente conceituar e aprofundar a questão da dependência química e da rede de atenção que precisamos”.

Da Redação | Imagem: Divulgação

Bruno Ferreira
Jornalista, professor e educomunicador. Responsável pelos conteúdos da Agência Jovem de Notícias e Revista Viração.

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *