O que saber sobre a primeira menstruação e ejaculação

É bastante comum a primeira menstruação (ou menarca) da menina ser comentada e cercada de cuidados e informações e até ser comemorada. Já a primeira ejaculação (ou espermarca ou semenarca) dos garotos, na maioria das vezes passa despercebida. Ambas as situações merecem ser vistas com atenção e a merecida importância, afinal são um sinal de saúde e um acontecimento que marca a puberdade. Simbolizam ainda a feminilidade e masculinidade.

A primeira menstruação pode ocorrer entre os 8 e 15 anos. No Brasil o mais comum é por volta dos 12 anos, o que não significa uma regra, já que a primeira menstruação ocorre de acordo com o desenvolvimento do corpo de cada um. Os hormônios femininos estrogênio e progesterona começam a agir no corpo das meninas e provocam o amadurecimento do óvulo no ovário e a sua eliminação para as trompas – a chamada ovulação. Prepara também o útero para receber o ovo (óvulo fecundado), caso tenha acontecido uma relação sexual e aumenta o revestimento interno do útero, conhecido como endométrio. Quando não há gravidez, o óvulo é eliminado pelo canal vaginal, provocando o sangramento conhecido como menstruação.

O sangramento menstrual ocorre durante um período de 3 a 7 dias, com volume aproximado de 80 a 100 ml de fluxo de sangue. E isso acontecerá todos os meses com intervalos de 28 dias até que a mulher atinja a menopausa, que no Brasil ocorre por volta dos 47 anos.

As alterações hormonais causadas pelo ciclo menstrual costumam provocar espinhas no rosto, inchaço corporal por causa da retenção de líquidos e dores nos seios. Pode também deixar as meninas mais sensíveis do que normalmente são.

Segundo a publicação Primeira ejaculação: o que os meninos querem saber?, no site da Revista Nova Escola em 23 de maio de 2013, “A puberdade tem uma razão muito especial: preparar o corpo para as alterações que possibilitam a reprodução”.

A mesma publicação comenta a tese de mestrado, defendida em 1994, pela pediatra Marta Miranda Leal, da unidade de adolescentes do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas de São Paulo, que constatou que a primeira ejaculação acontece por volta dos 12,8 anos – um pouco mais tarde que a primeira menstruação das meninas, que aparece aos 12,2 anos. Segundo os dados levantados, 42% dos entrevistados tiveram a primeira ejaculação enquanto se masturbavam, 35% por meio da polução noturna (ejaculação involuntária que acontece durante o sono, em geral por causa de um sonho erótico), 12% enquanto assistiam a uma cena sensual na TV e os 11% restantes lendo uma revista, pensando ou beijando uma menina. “Apenas 25% dos adolescentes contaram para alguém que tinham ejaculado”, diz Marta.

Existe também a crença (ou mito) de que quanto mais os garotos se masturbarem, mais cedo acontecerá a primeira ejaculação, mas não há nenhuma comprovação disso. A primeira ejaculação acontecerá naturalmente conforme o desenvolvimento físico de cada um. Não acontece numa data ou idade certa, ou seja, para alguns pode acontecer por volta dos 12 anos e para outros mais perto dos 15 anos. É comum também acontecer na época do estirão (aumento da altura e do pênis também). No início tem uma consistência fraca e depois vai ficando mais grossa, de cor amarelada e com cheiro parecido com água sanitária.

O Jogo da Reprodução Humana (do Instituto Kaplan), por exemplo, diz que a quantidade normal de sêmen ejaculado varia de 2,0 a 5,0 ml, e que ele é composto de espermatozoides, líquido seminal e secreção prostática. Esta variação de volume depende do grau e do tempo de excitação. Quanto mais o homem ficar excitado, e demorar a ejacular, mais líquido prostático será produzido e maior será o volume de sêmen ejaculado. Para que isso aconteça, no entanto, não basta apenas querer, é necessário atingir uma maturidade física e certa experiência sexual. E o fato de ter ejaculado não significa que já esteja pronto para ter relação sexual, e muito menos para ser pai.

O importante mesmo nessa fase, tanto para as meninas como para os meninos, é buscar informação e conhecimento sobre o seu corpo e prestar atenção a cada sinal.
Ainda sobre esse tema, temos vários assuntos para conversar, por exemplo: higiene, cólicas, período fértil, transar durante a menstruação, crendices que cercam esse tema e outros.

Equipe do Programa Adolescer.
((http://www.youtube.com/watch?v=XzrcCumseTI)

Ver +

4 Comentários

  • Ola eu sofri com ejaculação precoce por muitos e muitos anos da minha vida, eu era uma pessoa muito estressada e tinha meu dia muito agitado e quando chegava na hora H acabava com minha relação em poucos minutos, ate perdi minha antiga namorada…mas ainda bem que consegui a cura para meu problema hoje sou outro homem completamente mudado…e desejo sucesso para todos os homens que estão com o mesmo problema que eu estava…

  • Obrigado minha ejaculação foi hoje tenho 12 anos e fiquei asustado porque meu. Pénis doeu .gostaria de saber se isso e normal

    • Sim higor Doi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *