O que ficou do Fórum temático sobre abuso sexual de crianças e adolescentes

Como abordar de forma não sensacionalista e não vitimizante o tema sobre abuso sexual de crianças e adolescentes? Eis uma questão em pauta. Pensando nisso, o Canal Futura, a Childhoold, Projeto Arrastão, junto com outras instituições se reuniram para essa discussão.

O Canal Futura, desde 2007 abraçou esse tema e tem participado desde então de reuniões, fóruns e tudo o que aborde esse tema.

Há dois anos o Canal produz a série “ Que Exploração é Essa?”, de forma inédita eles abordam esse  dramático problema, que atinge milhões de meninas e meninos no mundo todo.

Produzido pela Casa de Cinema de Porto Alegre, a serie foi desenvolvida utilizando técnicas de manipulação de bonecos em cinco episódios de sete minutos. A trama de ficção é intercalada com depoimentos de especialistas e autoridades sobre esse assunto.

A cada episódio, situações diferentes como prostituição, abuso de poder, pedofilia na internet e aliciamento de menores se desenrola no percurso dos personagens.

Os vídeos estão disponíveis também no youtube.

Algumas perguntas orientaram o debate como, Quais são as recomendações para a produção de uma série sobre abuso sexual voltados para públicos diferentes, e, Que temas e abordagens não podem faltar.

Segue abaixo alguns comentários, opiniões e argumentos sobre essas questões:

“tomar cuidado com a ambigüidade e fugir do estereótipo.” Teu- Medico Ginecologista

“Devemos dar um alerta ao agressor (tem alguém olhando para ele).” Cristina-

“Temos que quebrar o tabu sobre sexualidade com crianças. A questão é só como falar.” Eric – Viração.

Esses foram três das muitas falas levantadas nesse encontro. Agora o que fazer com tantas idéias jogadas na roda? O Canal Futura, pretende dar continuidade as séries. Por isso esse diálogo com diversas instituições que trabalham sobre/com esse tema.

Aguarde mais informações sobre, assista os vídeos e o principal, faça a sua parte.

Denuncie.

*Ligue 100. O disque denuncia, funciona em todo o território brasileiro.

Fotos por Lilian Rosa e Bruno Augusto.

 

Ingrid Evangelista

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *