Mídias Sociais: A comunicação de todos para todos

Por Rede de Jovens Comunicadores do Semiárido Mineiro

Se fosse preciso simplificar o mundo contemporâneo em uma única palavra, certamente esta palavra seria REDE. Tanto no mundo “real” quanto no virtual, o conceito de rede permitiu um maior fluxo de informação e comunicação entre todos os setores da sociedade. Voltado por âmbito virtual isso vem expresso com maior força no avanço das mídias sociais (Orkut, Facebook, Twitter, Blogs Ning, etc..); e na influência que estas vem exercendo cada vez mais na vida de todos

Os aspectos que determinam a importância das mídias sociais são muitos, mas alguns são de extrema importância: Primeiramente, é preciso levar em conta que assim como nos meios tradicionais de comunicação (TV, Rádio, Jornal impresso), a massificação da internet vem possibilitando cada vez mais um número maior de usuários destas novas tendências. Sendo assim, estas ferramentas se tornaram um meio de comunicação pessoal indispensável, como o celular, o correio entre outros; E com a vantagem de serem mais rápidas, mais econômicas e em alguns casos mais precisas.

Em seguida, outro fator muito importante: Nas mídias sociais, todos são ao mesmo tempo produtores e receptores de informações, seja ela de qualquer natureza, o que possibilita a “democratização da informação”.

Mas de que forma isso influencia em nossas vidas? Simples! Ao democratizar a informação, esse processo cria diversos canais alternativos de comunicação, o que faz com que a informação não seja uma “via de mão única” como na maioria das vezes acontece com os meios de comunicação tradicionais. (Vale ressaltar que a maioria dos meios tradicionais atende a um determinado interesse social, política e/ou econômico, fazendo com que a informação chegue a todos de acordo com o estes interesses).

Na região do Vale do Jequitinhonha, as mídias sociais deram inicio a dois  movimentos de grande impacto. Primeiro, O crescimento no número de Blogs voltados para a produção de informações da região, além de quebrar o velho conceito de “Vale da Miséria” criado pela “grande mídia”, vem sendo um grande instrumento de controle social. Os blogueiros além de denunciarem o descaso das diversas esferas do governo nas cidades da região, estão dando inicio a grandes mobilizações de incidência política e social da população.

E foi através do FACEBOOK (mídia social em grande ascensão), que diversas lideranças deram inicio a mobilização “A UFVJM é Nossa”. O movimento visa cobrar dos órgãos competentes a criação de três pólos da Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e do Mucuri, no Baixo, Médio e Alto Jequitinhonha. A campanha tem levado milhares de pessoas as ruas, representando um momento singular na história da região.

“Acredito que existe uma apropriação progressiva de todas as mídias possíveis, porém sem nos darmos conta disso, sem buscarmos fazer o uso emancipatório delas, não porque nos sentimos embasbacados diante deles, mas porque no cotidiano estamos habituados a aceitar as coisas como dadas, prontas e acabadas”, afirma Eric Ramalho, editor do Blog Onhas, sobre o processo de avanço das mídias sociais.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *