Jovens de Parelheiros e Marsilac lançam campanha de financiamento coletivo

A proposta da turma do Arqueperifa é criar e sustentar um laboratório de (in)formação e inovação dentro do território.

Coletivo ArquePerifa, grupo de jovens dos territórios de Parelheiros e Marsilac, zona sul de São Paulo, lançou uma campanha de financiamento coletivo buscando criar e sustentar um espaço físico para um laboratório de formação e conhecimento sobre aquela região. A iniciativa faz parte da busca por formas de aprender e intervir em seu território mesmo durante o período de distanciamento social imposto pela pandemia.

Essa campanha de financiamento coletivo, é para tornar um Laboratório de (In)formação e Inovação em Parelheiros uma realidade. Apoiando este projeto, você possibilita a manutenção deste espaço por um ano e, consequentemente, uma série de ações que o LABi² vai abarcar!

A proposta da iniciativa é ter um espaço físico para produção e difusão de conhecimento no território, tendo em vista não só a precarização dos meios de comunicação na região (em Parelheiros e Marsilac o sinal de internet é avaliado como baixíssima qualidade, pela Anatel), mas também a dificuldade de acesso a informação, seja pela vulnerabilidade que sujeitos periféricos estão inseridos, seja pela carência de materiais e dados territorializados.

Quer apoiar? Clique aqui e acesse a página da campanha!

Nesse sentido, o espaço contará com formações educomunicativas para o engajamento da juventude periférica, visando o conhecimento sobre seus direitos, a diversidade e potencialidade do território e incentivando o empoderamento e protagonismo dos moradores, para transformação social e consequentemente, contribuindo para valorização da região.

A partir disso, cada vivência resultará em produtos comunicativos – exposição fotográfica, podcast, documentário, zines, lambe, grafite, entre outros) para registrar e multiplicar o conhecimento gerado.

Além disso, vai também promover geração de renda e visibilidade local através dos Roteiros Socioculturais, que serão elaborados a partir do mapeamento realizado nas formações, apresentando riquezas naturais e culturais da nossa quebrada para o mundo. No mais, o LABi²também vai ter a Biblioteca Kal Cordeiro, com materiais acerca do território e produzidos por pessoas pertencentes a ele, assim como pretende ser um local que abrigue outras iniciativas, num formato de coworking.

A urgência da proposta

Parelheiros e Marsilac somam 1/4 da cidade de São Paulo, com cerca de 200 bairros, dos quais 70% são irregulares. Esse desordenamento muitas vezes é utilizado pelo estado para justificar a escassez de recursos nesses lugares, porém não se questionam as barreiras que nos são impostas – estamos no distrito com menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano, que indica fatores de qualidade de vida como saúde, educação e renda de uma região).

A dificuldade de acesso à informação, acarreta diversos outros problemas, como desconhecimento de direitos e serviços básicos, a configuração de um bairro dormitório devido a distância da região central e centralização de oportunidades, alta vulnerabilidade social, entre outros. Tendo em vista que o meio virtual é hoje uma importante ferramenta para não apenas informar como engajar, os moradores desta região estão sujeitos apenas à narrativa da grande mídia, quando isso é possível.

Portanto, criar um espaço que promova e fortaleça o conhecimento e participação cidadã, a partir do panorama local, em conjunto com a comunidade, oportuniza estratégias de enfrentamento dessa realidade, criando novas narrativas para o território e revelando a potência de jovens periféricos – esse é o nosso objetivo.

Quais são as metas

META 1 – 6 meses de LABi² [Mínimo]

(Garantimos as despesas da sede por meio ano)

  • ALUGUEL: R$ 6.000,00
  • LUZ: R$ 1.800,00
  • ÁGUA: R$ 480,00
  • INTERNET: R$ 600,00
  • TAXA DO CATARSE: R$ 1.154,40
  • TOTAL: R$ 10.034,40

META 2 – 1 ano de LABi² [Ideal]

(Garantimos as despesas da sede por um ano)

  • ALUGUEL: R$ 12.000,00
  • LUZ: R$ 3.600,00
  • ÁGUA: R$ 960,00
  • INTERNET: R$ 1.200,00
  • TAXA DO CATARSE: R$ 2.308,80
  • TOTAL: R$ 20.068,80

META 3 – Estrutura do LABi² [Bônus]

(Mesas, armário, utensílios gerais, etc)

O valor integral possibilitará equipar o LABi², além de proporcionar uma melhor margem de variação, nas despesas.

TOTAL GERAL: R$ 25.000,00

Clique aqui e apoie essa iniciativa!

A turma do ArquePerifa trilhou o percurso formativo do projeto Chama na Solução, iniciativa do Unicef implementada pela Viração Educom.

Acompanhe as atividades do ArquePerifa nas redes sociais: FacebookInstagramAnchor Podcasts e no Youtube.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *