Formação auxilia educadores no combate ao trabalho infantil

trabalhoinfantil1

Estão abertas as inscrições para o curso online “A Escola no Combate ao Trabalho Infantil (ECTI)”. Voltada para educadores, a formação é desenvolvida desde 2012 pela Fundação Telefônica em parceria com o Centro de Empreendedorismo Social e Administração em Terceiro Setor (CEATS).

A quantidade de vagas varia para cada região do país. Depois de sua inscrição aguarde um e-mail confirmando a disponibilidade da vaga.

O objetivo principal do ECTI é contribuir com a efetivação da Lei 11.525/07, que incluiu no currículo do Ensino Fundamental conteúdos que tratam dos direitos das crianças e dos adolescentes, tendo como diretriz o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Essa capacitação ainda tem o intuito de ajudar a fortalecer uma cultura de respeito aos direitos humanos nas escolas participantes, em especial no que diz respeito ao trabalho infantil, contribuindo assim com o combate à exploração da mão de obra de crianças e adolescentes.

Como funciona?

O ECTI foi desenvolvido por especialistas em Educação e em Direitos da Criança e do Adolescente, utilizando-se de diversas ferramentas de educação à distância, como videoaulas, fóruns, chats, entre outras. O curso aborda diversos assuntos em torno do tema central que é o trabalho infantil. São eles: aspectos históricos dos direitos da criança e do adolescente e suas relações com a exploração e aceitação do trabalho infantil; os princípios do ECA e dos direitos da criança e do adolescente; questões fundamentais sobre o trabalho infantil; ação do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente no combate ao trabalho infantil; a participação e o protagonismo infantojuvenil no combate ao trabalho infantil; e projetos pedagógicos em ações relacionadas ao trabalho infantil.

O curso possui seis módulos e cada um deles contém atividades fundamentadas em quatro eixos: Conteúdos Básicos, Ações Pedagógicas, Boas Práticas e Mobilização. Dessa maneira, oferece bases conceituais, propostas de ação e exemplos de resultados positivos de ações pedagógicas, incentivando os educadores a aplicar as propostas na escola, durante o curso, compartilhando resultados e experiências no Promenino. Para ser aprovado, o aluno deve obter desempenho igual ou superior a 70% nas avaliações online dos cinco primeiros módulos, além de desenvolver um projeto de ação pedagógica voltado para a temática. Os aprovados recebem um certificado de participação da Faculdade FIA de Administração e Negócios, mantida pela Fundação Instituto de Administração (FIA).

Saiba mais sobre as inscrições pelo site.

Do site Portal Aprendiz  | Imagem: Creative Commons

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *