Fiesta na Vila – Por um Parque Linear no Rio Verde

O objetivo da Fiesta da Vila é mais uma vez ocupar as ruas de São Paulo.
E a rua é o melhor lugar para repensarmos a nossa cidade.

Para conversar com os amigos e todas as pessoas que se dispõem a discutir os problemas da cidade e pensar em soluções conjuntas.

É mais do que hora de ativar o espírito comunitário e trazer todo mundo para o debate.  As políticas públicas dos últimos anos privilegiaram os carros ao invés do transporte público, as grandes construções de condomínios, prédios de escritório e shopping centers no lugar das praças e parques, e ainda dificultam ao máximo as manifestações populares, vide a proibição dos músicos tocarem na rua.

Desde os “occupy” pelo mundo e, em São Paulo, das festas do Minhocão, do Capão, do Centro Velho e agora, da Praça Roosevelt (entre muitas outras manifestações) estamos vivendo um momento de reflexão sobre o nosso futuro e de como podemos intervir nele.

É hora de unirmos forças e ocuparmos cada vez mais e melhor a nossa cidade.

Por um Parque Linear no Rio Verde

A Fiesta da Vila inaugura o movimento pela construção/instalação de um parque ao longo do traçado do Rio Verde.

Esse rio, hoje canalizado, nasce na estação do Metrô e entra na Vila Madalena, percorrendo um trajeto sinuoso que passa pelos dois Becos do Graffiti .

No verão, época das chuvas, o rio transborda causando grandes preocupações à população local, além de ocorrências fatais em razão da violência dessas enchentes.

A proposta do parque linear rio verde se deu a partir do termo de compensação de impacto ambiental oriundo do Consórcio Via Amarela. A criação de um parque ao longo do Rio, na Vila Madalena, objetiva resolver o problema das enchentes e preservar o caráter cultural pelo qual o bairro se tornou famoso.

Seguindo as tendências de cidades como Nova Iorque , Amsterdam, Londres, entre outros centros bem urbanizados, o espaço público está voltando a ser ocupado pela população, onde cada vez mais, os carros estão dando lugar aos pedestres e bicicletas.

Acreditamos que o Parque Linear do Rio Verde trará mais qualidade de vida ao bairro, assim como se tornaria um modelo de recuperação de áreas degradadas através da sua transformação em polos culturais, o que serve para toda a cidade.

Venha vivenciar este parque, no próximo dia 02 de novembro. Venha conversar conosco e vamos descobrir como podemos tornar essa vontade numa realidade.

Festa de Rua com organização colaborativa: músicos e outros artistas em ação, comida de rua e workshop de chefs, oficinas de arte, skate, bike, basket, capoeira, plantação urbana etc.

Mesas redondas sobre o processo de elaboração do projeto e sobre a implantação do Parque Linear do Rio Verde com moradores, comerciantes, arquitetos, urbanistas, designers, artistas, outros especialistas, ativistas e autoridades públicas.

A Fiesta se estenderá por várias ruas e pelos becos de graffiti no trajeto que acompanha o curso do Rio Verde: desde a esquina da rua Abegoárias com a rua Medeiros de Abulquerque > toda rua Medeiros de Abulquerque > primeira quadra da rua Aspicuelta > rua Harmonia > beco do batman > faixa de pedestre estendida na rua Inácio Pereira da Rocha > beco da praça.

Fonte Choque Cultural

 

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *