Etapa Virtual: Juventude usa a internet para ampliar debate da 2ª Conferência Nacional

Por Luis Duarte, da Pastoral da Juventude

A Virada Virtual, etapa livre preparatória da 2ª Conferência Nacional de Juventude, que aconteceu no último final de semana – 19 e 20 de novembro – agitou o debate das Políticas Públicas de Juventude no Brasil. De norte a sul, centenas de jovens e adultos debateram, presencialmente, por meio de chat e das redes sociais, os problemas, desafios e propostas da juventude brasileira a partir dos cincos eixos propostos pelo Texto Base da Conferência: Direito ao Desenvolvimento Integral; Direito ao Território; Direito à Experimentação e  Qualidade de Vida; Direito à Diversidade e Vida Segura e  Direito à Participação.

A Etapa Virtual é uma iniciativa da Comissão Organizadora Nacional (CON), Secretaria Nacional de Juventude e Conselho Nacional de Juventude (CONJUVE), realizada em parceria com a Pastoral da Juventude, ONG Viração Educomunicação e a UMBRASIL – União Marista do Brasil.

Na primeira fase da Etapa Virtual aconteceu o fórum preparatório permanente que ficou no ar entre setembro e novembro. Nessa etapa qualquer cidadão podia cadastrar suas emendas ao texto base ou novas propostas pelo site Cidade Democrática, uma plataforma de participação política.

Pela primeira vez na história das Conferências de Políticas Públicas no Brasil acontece uma Etapa Virtual como estratégia para ampliar as discussões. Essa é mais uma inovação que as conferências de juventude deixam como legado para os processos de participação popular no debate de políticas públicas no Brasil. O desafio é potencializar ainda mais esse espaço de debate das políticas públicas.

 

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *