Educadores e Influenciadores Digitais: desafios às gramáticas do afeto

Curso online busca reflexão sobre os conceitos de Paulo Freire em processos contemporâneos nas ações de pessoas educadoras e influenciadoras digitais. Saiba como se inscrever

Influenciadores e Educadores: qual o ponto de intersecção?⠀
De que maneira educadores(as) e influenciadores podem reconfigurar as formas do saber e do narrar numa sociedade em que a informação vem de diferentes focos?

Estas são algumas das perguntas que perpassam a proposta do curso “Educadores e Influenciadores Digitais: desafios às gramáticas do afeto”, que está com inscrições abertas pela Escola Online Longa.

Card de divulgação do curso / Reprodução

O curso, que terá 10 horas de duração divididas em 4 encontros disponibilizados totalmente online pretende refletir sobre os conceitos de Paulo Freire em processos contemporâneos nas ações de pessoas educadoras e influenciadoras digitais e oferecer, de um lado, ferramentas analíticas e práticas para que profissionais da educação renovem suas lentes e modos de atuação profissional a partir dos processos formativos nas/das malhas digitais e, de outro, procura interrogar o papel dos(as) influenciadores(as) digitais nos processos formativos a partir da construção de vínculos com seguidores.

Público-alvo

O curso foi pensado para profissionais da educação, educomunicadores(as), pesquisadores da área, escritores(as), influenciadores(as) digitais, coach, cientistas sociais, operadores de direitos humanos, organizações não-governamentais que trabalham na interface da educação, da comunicação e dos direitos humanos, estudantes de pedagogia e áreas afins.

O valor de inscrição é de R $190, com opção de parcelamento em até 12x via cartão de crédito. Estudantes de graduação têm 50% de desconto no valor do curso. Serão oferecidas 10 vagas gratuitas (no total) para profissionais desempregades, pessoas trans, pessoas negras. A seleção será feita por distribuição equânime e pela avaliação da carta de motivação, enviada via preenchimento de formulário. Todas as informações estão no site estão abertas no site da escola:

Ciclo Paulo Freire

Página inicial do site da Escola Online Longa / Reprodução

Educadores (as) e influenciadores(as) digitais: desafio às gramáticas de afeto  será oferecido virtualmente, em quatro encontros síncronos (02, 09, 16 e 23/03, das 19h às 21h30), totalizando 10h/aula. O curso irá enfrentar tópicos relativos à formação e à iniciação, às novas gramáticas do afeto que incidem e modificam as formas tradicionais do ensinar-aprender.

Dá início ao Ciclo Paulo Freire que a Escola Longa realizará ao longo de 2021, em homenagem a Paulo Freire, que faria um século neste ano.

Considera que o paradigma neoliberal tende a individualizar e despolitizar os problemas da vida cotidiana, pessoal e coletiva, produzindo novos códigos educativos. Influenciadores e influenciadoras digitais assumem papel de destaque nesta discussão, uma vez que acabam por estabelecer pactos educativos que passam pela iniciação, por uma educação horizontal. 

De que maneira educadores(as) podem reconfigurar as formas do saber e do narrar numa sociedade em que a informação vem de diferentes focos? É possível a construção de sujeitos, e não apenas de EUs, nos espaços educativos, formais e não-formais? Influenciadores(as) digitais podem ser considerados(as) educadores(as)?

Conheça o conteúdo das aulas

  • Aula 1 – 02/03, das 19h às 21h30
  • Educação e iniciação, educadores(as) e influenciadores(as): quais os pontos de contato?
  • Aula 2 – 09/03, das 19h às 21h30
  • Didática do acompanhamento em ambientes marcados pela coercitividade e complexidade: pedagogia do professor(a), do coach e do influenciador(a)
  • Aula 3 – 16/03, das 19h às 21h30
  • Da educação à iniciação, como orientar para o mundo? (diretrizes teóricas e práticas)
  • Aula 4 – 23/03, das 19h às 21h30
  • Paulo Freire e o compromisso com a construção e emancipação de sujeitos: reavaliação dos modos canônicos de ler textos e de ler mundos (diretrizes teóricas e práticas)

Conheça os professores

Maurício Virgulino

Educomunicador, arte/educador e fotógrafo. Doutorando em Artes do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais pela ECA/USP. Doutorando Visitante no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, Portugal. Licenciado em Educomunicação (ECA / USP), Especialista em Mídias na Educação. Formador de Professores pelo Núcleo de Educomunicação da Secretaria Municipal da Educação de São Paulo. Formador de Profissionais da Saúde no projeto Educom.Saúde da Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo. 

Rosane Borges

Jornalista,  doutora em Ciências da comunicação, professora, pesquisadora do Colabor (ECA-USP), coordenadora geral da Escola Longa, autora de diversos livros, entre eles: Espelho infiel: o negro no jornalismo brasileiro, perfil biográfico de Sueli Carneiro, Mídia e racismo, Esboços de um tempo presente.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *