Educação ambiental na telona

Projeto utiliza cinema para levar Educação Ambiental em escolas de comunidades do Pará

O espaço de comunicação compartilhada recebeu a oficina “O cinema como recurso pedagógico na educação ambiental”, realizada pelo Núcleo de Meio Ambiente da Universidade Federal do Pará (NUMA).

A proposta do espaço foi apresentar a educação visual, um recurso da comunicação, para contribuir na educação ambiental em escolas de comunidades do Pará.

Eduardo Kalif, professor de artes e integrante do NUMA, ressaltou a importância dessas ações para que a educação ambiental aconteça no espaço escolar. “É preciso ter a preocupação dentro da escola pelo Meio Ambiente. Não é só passar filmes, mas debater com os alunos e tirar a própria conclusão no universo da escola e com isso contribui no desenvolvimento de todos”.

O Projeto Cinema e Meio Ambiente aconteceu nas escolas dos municípios de Colares e Vigia de Nazaré, na região nordeste do Estado do Pará. Tendo estes dois municípios problemas de desmatamento e maus tratos com meio ambiente. Nelas foram realizadas oficinas e exibições cinematográficas em sete escolas e participaram, cerca de 2800 pessoas, segundo Eduardo.

Com apoio do coletivo jovem de meio ambiente e igrejas,  o projeto utilizou espaços para exibição de filmes com a temática ambiental . Crianças do ensino fundamental e adolescentes e jovens do ensino médio participaram de mais de 50 exibições cinematográficas, em Vigia e Colares, no Pará.

Por: Rones Maciel, no Rio de Janeiro (RJ)

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *