Diário Antirracista, dia 7

Negro ou preto? O pessoal que está acompanhando a jornada com o Samuel Emílio sugeriram discutir os usos e os sentidos dessas expressões 

Por Redação AJN

É importante sempre chamar as pessoas pelo nome. Porém, se precisar adotar algum dos termos, lembre-se sempre de observar a linguagem, o teor da mensagem e o contexto dela para aplicar as palavras negro ou preto sem que a tua ação se torne ofensiva.

Porém, se você está falando de estatísticas, é importante se basear na forma como os cientistas vêm aplicando os termos para identificar cor / raça no Brasil.

O Samuel lembra que no Brasil vem acontecendo uma ressignificação destes termos ao longo do tempo:

As pessoas que se sentem ofendidas, elas estão falando por que no passado o termo negro foi usado para depreciar as pessoas, para falar que elas eram inferiores

E explica:

Sempre que você precisar usar esses termos, negro ou preto, e você está se referindo a um indivíduo específico, é muito mais importante o contexto e o seu tom de voz do que necessariamente a palavra que você está usando. (…) talvez você namora uma mulher ou um homem que é negro ou negra e vocês têm um apelido carinhoso de pretinho ou pretinha, dependendo do contexto e se essa pessoa se sente confortável com isso, não vai ser depreciativo, pejorativo.

Diário Antirracista, dia 7

Confira as missões:

Missão 1 (se você for negra(o): Escreve no seu diário como você se sente tendo sua identidade minada quando as pessoas resumem a sua existência nas expressões pretinho, neguinho, etc?

Missão 1 (se você for branca ou amarela): Escreve no seu diário como você se sentiria se você fosse a única pessoa branca, bolsista em uma escola só de negros e as pessoas só te chamassem de branquinha, brancão, como se você não tivesse nome.

Missão 2: Crie um grupo de whatsapp e convide amigos e amigas que já fazem o Diário e adicionem novas pessoas para começar a participar. Isso vai te ajudar a criar uma comunidade de apoio e aprendizagem.

Se você quiser receber o conteúdo do diário pelo Whatsapp, inscreva-se na lista de transmissão.

Quer uma companhia mais próxima nessa jornada? Convide uma amiga ou um amigo para passarem juntos por esse processo. Clique no link para receber todos os conteúdos direto no seu Telegram: https://t.me/diarioantirracista

Dá pra se cadastrar nesse link e receber os conteúdos por e-mail também: https://bit.ly/TermineSeuCadastroNoDA

Você também pode seguir o Samuel Emílio no Youtube para assistir aos vídeos do diário antirracista e também receba conteúdo pelo perfil do Samuel Emílio no Instagram!

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *