Diário Antirracista, dia 6

Chegou a hora de falar sobre o tal ‘racismo reverso’. Será que existe mesmo? Olhar para a estrutura racista que conhecemos navegando pelo diário ajuda a responder essa pergunta

Por Redação AJN

“Se uma pessoa negra discriminar uma pessoa branca, se ela promover algum tipo de injúria, se ela der menos oportunidade para as pessoas brancas, isso não seria racismo reverso?”

Racismo reverso existe mesmo?

Não, não existe racismo reverso. Simplesmente por que o racismo é estrutural, é parte do sistema. Obviamente, é possível que uma pessoa negra cometa algum tipo de injúria contra uma pessoa branca, mas trata-se de uma situação que opõe indivíduo contra indivíduo, e não é a estrutura contra o indivíduo.

“Se você chegar pra qualquer negro hoje dentro de um movimento negro aqui no Brasil e perguntar se existe racismo reverso, essa pessoa provavelmente vai responder, sem nenhuma dúvida, que não existe racismo reverso. Que não é possível existir racismo reverso.

Eu vou precisar discordar. Eu até conseguiria fazer o racismo reverso acontecer. Eu só precisaria de uma máquina do tempo, e eu voltaria no período pré-colonial, antes da gente colonizar a África e a América do sul e eu faria o contrário: eu reuniria os principais líderes da África, reuniria os principais líderes da América do Sul e convenceria eles a fazer jornadas até a Europa. chegar lá e colonizar a Europa (…) E aí, se eu fizer isso por uns dois ou três séculos, eu acho que a gente conseguiria fazer esse negócio de racismo reverso acontecer.”

Samuel Emilio, no Youtube
Diário Antirracista, dia 6

Confira a missão do sexto dia:

Missão 1: Responda no seu diário: como você pode colocar o antirracismo como parte do seu projeto de vida?

Você pode deixar um recado para o Samuel nos comentários do Youtube. Aproveita e se inscreve no canal!

O roteiro desse vídeo foi produzido pelo comediante australiano Aamer Rahman, que é descendente de indianos e que publicou um vídeo há um tempo atrás com conteúdo parecido com este. Quer ver? Clica aqui.

Se você quiser receber o conteúdo do diário pelo Whatsapp, inscreva-se na lista de transmissão. Quer uma companhia mais próxima nessa jornada? Convide uma amiga ou um amigo para passarem juntos por esse processo. Clique aqui para receber todos os conteúdos direto no seu Telegram: https://t.me/diarioantirracista

Dá pra se cadastrar nesse link e receber os conteúdos por e-mail também: https://bit.ly/TermineSeuCadastroNoDA 

Você também pode seguir o Samuel Emílio no Youtube para assistir aos vídeos do diário antirracista e também receba conteúdo pelo perfil do Samuel Emílio no Instagram!

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *