Dia Internacional da mulher: 4 escritoras brasileiras que você precisa conhecer

Por: Phernanda Coelha da Agência Jovem de Notícias

Escrever um livro não é uma tarefa fácil, e publicá-lo menos ainda. O custo de uma publicação, mesmo que independente, é alto e o retorno financeiro baixo Quando associado a uma grande editora a desvalorização é ainda maior principalmente no Brasil, onde  a comunicação não se apresenta de forma democrática e acessível.

Outra coisa que também não é simples é ser mulher em uma sociedade estruturalmente machista, em que o trabalho feminino, por consequência, ainda é visto com inferioridade. Mas nem por isso as mulheres do século 21 têm baixado a cabeça e desistido dos seus sonhos e lutas.

Aproveitando o dia internacional das mulheres, a AJN selecionou 4 escritoras brasileiras para te inspirar a ler ou até mesmo a publicar aquele texto que você tem guardado a sete chaves no computador, ou em um caderno velho, e apresentar algumas das jovens escritoras brasileiras incríveis que você talvez não conheça.

Daíse Lima

2 capa do livro As crônicas da observadora Crônica da escritora Daíse Lima

Você não leu errado, o nome é Daíse mesmo, como ela gosta de deixar bem claro em seus livros: “Não é Deise. É Daíse com acento bem aberto no i”. Baiana que cresceu em Campinas, gosta de falar de amor e ama escrever, por isso tem dois livros publicados, um de poesias e outro de crônicas do seu cotidiano. Apesar de duas publicações, ela ainda não se vê como uma escritora completa. “Me sinto pequena, ainda germinando, desabrochando”, ela contou de forma poética durante a entrevista.

Seu interesse em escrever surgiu dos muitos livros que leu, e como muitas escritoras tinha a mania de inventar histórias quando criança. Assim, decidiu tentar viver disso, seus primeiros livros são independentes e para isso precisou juntar bastante dinheiro para publicá-los. Ela garante não ter sido uma tarefa fácil, mas que também não foi impossível

O livro “As crônicas da observadora crônica” tem uma intimidade forte com a Daíse, já que ela conta momentos de sua vida dentro do transportes público e recorda lembranças da infância. É uma leitura leve e agradável para ser ler em dias de sol, ao ar livre, ou enquanto espera alguém.

Livros
A moça do coração bobo e As crônicas da observadora crônica

Onde encontrar
Com ela mesmo (Publicação independente)
Onde encontrar a escritora
Facebook: https://www.facebook.com/daise.lima.792
Instagram: @daisejlima
E-mail: daisejlima@yahoo.com.br

 

Eddie Van Feu

Talvez essa você conheça, com 10 livros de ficção e 16 de não ficção, a Eddie está também nas bancas. Publicou a série Wicca com 62 edições, além de diversas revistas, artigos e quadrinhos. Eddie Van Feu é uma carioca experiente na arte de escrever livros literalmente mágicos, que encantam seus leitores.

Aos 12 anos, Eddie percebeu que gostava de contar histórias para seus amigos. Um dia, resolveu escrever adaptações de histórias já conhecidas e mais tarde passou para criações originais.

Mas com tantas publicações, não pense que foi algo fácil para Eddie. “Meu primeiro livro foi ‘O Portal’, tentei muito publicá-lo e não consegui. Mas eu era novata, estava na faculdade [Jornalismo], e graças a Deus que não consegui publicar (…). Dez anos depois, resolvi publicar pela minha editora, criada na época.” Revela.

Para ela, ser escritora no Brasil pode ser desmotivador, pois não dá um retorno financeiro imediato. Eddie chegou a dar aulas e workshops para complementar a renda. Hoje, se dá por feliz, junto com seu parceiro Renato Rodrigues consegue se dedicar aos livros e a sua editora Linhas Tortas.

O livro “Lua das Fadas” é uma de suas obras mais conhecidas, que agrada ao público que gosta de fantasias. Nele, Bianca precisa salvar sua amiga que ficou perdida em um outro mundo e para isso precisará da ajuda de outros seres mágicos. O livro também tem sua continuação, “O trono sem Rei”, que é onde a personagem principal descobre que seus pais também têm contato com outros mundos.

A bruxinha não pretende parar por aí, e já planeja lançar um novo livro em 2018. Os fãs ficam no aguardo, enquanto isso, os novos leitores de Eddie podem encontrar seus livros nas livrarias ou online.

Livros
A lua das Fadas, O trono sem Rei e O portal e a canção dos quatro ventos, além de outros que você pode encontrar nas livrarias e online.
Onde encontrar
Em livrarias como Saraiva ou nos Sites www.linhastortas.com e     https://eddievanfeu.klickpages.com.br/mailingleitores
Onde encontrar a escritora
Site: www.eddievanfeu.com
Facebook: https://www.facebook.com/eddievanfeuoficial/
Instagram: @eddievanfeuoficial
Blog: www.omundodeeddie.com
YouTube: Eddie Van Feu

    Erika Balbino

Erika Balbino é Paulistana, formada em Cinema pela FAAP e pós-graduada em Jornalismo. pelo CELACC – USP. Ela tem dois livros publicados e participação em uma coletânea, atualmente escreve um novo livro, sem data de previsão para o lançamento.

Para Erika não foi muito difícil publicar seu primeiro livro, teve incentivo dos amigos, que conheciam sua paixão pela escrita, e uma vez que decidiu publicá-lo, o resto foi fácil. No entanto, ela confessa que para ser escritora no Brasil não se deve criar muitas expectativas e que o caminho é encontrar uma editora que compartilhe dos seus ideais.

Seu último livro “O osso: Poder e permissão”, lembra muito aqueles livros que lemos no ensino médio como “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo, mas com uma pegada atual. As histórias dos personagens se passam na periferia do Bosque da Saúde, em São Paulo, mas ela garante que os personagens são fictícios. “Um Romance com histórias e nomes reais, por mais que a autora afirme o contrário: Afinal, são milhares de Ritas, Clementinas e Rauls com essas histórias. São Milhares de Ruas dos Prazeres espalhadas pelos bairros afastados não asfaltados”, escreve o rapper Gog no prefácio do livro.

Seu outro livro “Num Tronco de Iroko vi a iúna cantar”, voltado para o público infantil, está esgotado. Foram mais de 3 mil exemplares vendidos!

Capa do livro “Nun Tronco de iroko vi a iúna cantar” de Erika Balbino

Num Tronco de Iroko vi a iuna cantar e Osso: Poder e permissão
Onde encontrar
Num Tronco de Iroko vi a iuna cantar Encontra em um ou outro ponto de venda.
O Osso: poder e permissão está à venda em São Paulo na Livraria Africanidades e na Livraria Martins Fontes, e em Belo Horizonte o livro pode ser encontrado na Livraria Bantu. A obra está disponível para compra online no site da Amazon.
Onde encontrar a escritora
Facebook: https://www.facebook.com/Num-tronco-de-Iroko-vi-a-I%C3%BAna-cantar-627321230676112/ e https://www.facebook.com/ossopoderepermissao/

Ludmila  Clio

Nascida em Itapemirim, Espírito Santo, Ludmila Clio não sonhava em ser escritora, por mais que gostasse de fazer pequenos livrinhos e escrever poesia. Tudo mudou em 2004, quando Ludmila participou de um concurso nacional de poesia em Mandaguari e ganhou o primeiro lugar. A partir daí, começaram os incentivos para que ela publicasse um livro, quatro anos depois, lançou o seu primeiro trabalho como escritora em um blog chamado “Copo de letras”.

Em 2010 Ludmila  conhece a lei municipal Lei Rubem Braga, criada em 1991, que apoia a realização de projetos de arte e cultura por meio de incentivos fiscais, e lança o seu primeiro livro “Sem filtro na veia” com o apoio da prefeitura de Vitória. Sua primeira publicação foi fácil e gratuita.

Já seu segundo livro, “Febríssima”, não foi tão fácil assim. os custos de produção e publicação foram  altos e foi preciso fazer uma pré-venda para Ludmila conseguir publicá-lo. Isso não desanimou a Itapemirinense, que vai lançar sua terceira obra “Eu não sei jogar” em 2018. “Às vésperas desse meu terceiro livro, já entendi que estou trilhando um caminho sem volta e me sinto feliz por estar nele com todo o meu coração.”

Para ela, ser uma escritora no Brasil não é fácil, pois os brasileiros não têm o costume de ler “Atualmente as pessoas preferem textos curtos e simplórios, deixando os livros nas prateleiras das livrarias. A solução é que o escritor atual seja objetivo, claro e lacônico”, conta.  “Felizmente, ainda há aqueles que não abrem mão de uma boa leitura.”

capa oficial da obra “febríssima”

Livros
Sem Filtro na veia, Febríssima e Eu não sei jogar (lançamento previsto para o segundo semestre de 2018)
Onde encontrar
Sem Filtro na Veia e Febríssima está disponível no site da Chiado Editora. https://www.chiadobooks.com/livraria/febrissima
Onde encontrar a escritora
Blog: http://copodeletras.blogspot.com.br/?m=1
Facebook: https://www.facebook.com/ludmilaclio
Instagram: @ludmilaclio
Twitter: @ludmilaclio

 

 

 

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *