Raiane Rabelo, Anderson Queiroz e Anez Martins

Crianças e adolescentes com deficiência ganham espaço na VII Conferencia DCA

Depoimentos dos participantes da VII Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente

Por Dyme da Silva e Raiane da Silva Rabelo e Elisa Abreu

Conversamos um pouco com os integrantes do Coral Viva Comunidade, para saber o que eles esperam da Conferência. O grupo promove ações de assistência social para pessoas com necessidades especiais de Roraima. Acompanha um trechinho das conversas.

Nome: Anderson Queiroz Rocha, integrante do coral, desenvolvendo ações de qualificação profissional

Idade: 18 anos

QUAL A IMPORTÂNCIA DA CONFERÊNCIA PARA VOCÊ?

A conferência é muito importante para nós do coral viva – comunidade, por que temos a oportunidade de mostrar nossas ações, trabalhos e também nossos talentos. Mostrar que somos capazes de realizar diversas atividades como: cantar, fazer percussão, teatro, artesanato e também pinturas.

EXISTE ALGO QUE VOCÊ QUERA REIVINDICAR, ALGUM DIREITO COMO CRIANÇA E ADOLESCENTE?

Sim, existe uma lei do passe livre para o lotação, porém muitas vezes eles não querem parar para nos levar, e quando param eles nos tratam sem educação.

QUAL A IMPORTÂNCIA DO VIVA-COMUNIDADE PARA A SUA VIDA, E MUDOU ALGO A PARTIR DO MOMENTO QUE VOCÊ ENTROU NO VIVA-COMUNIDADE?

Viva-comunidade é muito importante, e mudou minha vida, me ajudou a melhorar em muitas coisas, eu era muito agressivo e impaciente e depois que comecei a participar, eu aprendi a me relacionar melhor com os meus amigos e com a minha família.

COMO VOCÊ SE SENTE EM PARTICIPAR DA VII CONFERÊNCIA ESTADUAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE?

Me sinto importante e privilegiado, porque temos a oportunidade de lutar e conhecer nossos direitos como crianças e adolescentes.

 

Nome: Anez Martins – Professora do coral viva-comunidade

Idade: 39 anos

COMO VOCÊ SE SENTE TRABALHANDO COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS?

Me sinto muito feliz porque para mim é um grande privilégio, e ao mesmo tempo que eu ensino as crianças eu aprendo muito mais com eles. O Viva-Comunidade significa cidadania, solidariedade, muito amor e dedicação.

QUAL A SUA EXPECTATIVA E A IMPORTÂNCIA DE REALIZAR ESTA CONFERÊNCIA SOBRE OS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE?

Eu espero a efetivação das leis e direitos que as crianças e adolescentes têm. As leis existem, porém nem todas são colocadas em prática. É muito importante a realização dessa conferência pois temos a oportunidade de conhecer melhor quais são essas leis e direitos.

QUAL A IMPORTÂNCIA DA PARTICIPAÇÃO DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS NA CONFERÊNCIA?

A participação deles é de grande importância, porque tudo o que eles puderem ouvir e compreender irá fortificar ainda mais a busca pelos seus direitos.

QUAL O PAPEL PRINCIPAL DO VIVA-COMUNIDADE?

É um papel social que agrega em um espaço vários serviços e atividades, que busca atender às necessidades da criança e do adolescente, oferecendo o melhor com qualidade.

 

Nome: Heloisa de Pontes, gerente de unidade

Idade: 36: anos

COMO VOCÊ SE SENTE TRABALHANDO COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM DEFICIÊNCIA?

É uma missão de Deus, e também é um grande privilégio trabalhar com essas crianças e adolescentes.

O QUE VOCÊ ESPERA DESSA CONFERÊNCIA E QUAL A IMPORTÂNCIA DE REALIZÁ-LA?

É muito importante e a minha expectativa é que se discuta mais sobre os direitos da criança e do adolescente com deficiência, surgindo assim diretrizes para a pratica.

QUAL A IMPORTÂNCIA DA PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇAS ESPECIAIS NA CONFERÊNCIA?

Ao participar da conferência, eles estão exercendo a sua cidadania e também representando as crianças com deficiência.

Saiba mais:

O que é 9ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente?


Alex Pamplona

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *