COP25: uma tarde na Zona Verde

Passamos uma tarde na Zona Verde – um espaço especial dentro da COP25. Veja como foi essa experiência!

Por Elisa Poletto e Silvia Lazzeri Zanoni. Tradução por Fernanda Favaro.

No dia 3 de dezembro, passamos a tarde na Zona Verde. Você provavelmente está se perguntando o que é isso. A Zona Verde é um espaço dentro da COP25 onde pessoas sem a credencial da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) podem participar.

Na Zona Verde, existem vários estandes sobre diversos temas: tecnologia, objetivos de desenvolvimento sustentável, arte, economia circular, espaços dedicados a sessões informativas e muitos outros. Em comparação com o restante da COP, a Zona Verde oferece atividades muito mais interativas, com o objetivo de sensibilizar e informar os visitantes sobre questões climáticas.

A primeira atividade que chamou nossa atenção foi ligada aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Nos pediram para escolher aquele que consideramos mais importante. Foi uma escolha realmente difícil, porque, em nossa opinião, cada um deles é fundamental. Os objetivos podem ser agrupados em 5 áreas macro: pessoas, paz, prosperidade, planeta e alianças. É uma atividade que nos fez pensar em como é complicado definir prioridades. Elas podem diferir dependendo de quem você é, de onde você vem ou, em geral, seu histórico de vida e identidade.

Zona Verde: 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Grande parte dos estandes foi dedicada a novas tecnologias. Nós curtimos muito uma atividade que combinava arte e realidade virtual. Usamos óculos de realidade virtual (googles) e entramos nessa nova realidade, na qual pudemos desenhar usando dois joysticks – controles para jogos eletrônicos – especiais. Todos puderam liberar a criatividade, compartilhar suas ideias de uma maneira artística e interagir com as outras pessoas desenhando na mesma realidade virtual. Foi uma experiência única que nenhum de nós jamais experimentou antes.

A Zona Verde é uma maneira perfeita de envolver e manter atualizados os cidadãos que de outra forma não teriam a possibilidade de entrar na COP25. É um espaço no qual todos podem ter um vislumbre da conferência.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *