Compartilhando saberes e contruindo história

Paid’egua!! Essa expressão que para o paraense significa “excelente”, “muito bom”, “supimpa”, “massa”, resume o que foram os três dias de cobertura educomunicativa dos adolescentes na 8ª Conferência Estadual das Criança e do Adolescente, realizada de 3 a 5 de abril, em Belém.

Nesses meio tempo, a equipe formada por 10 adolescentes, duas universitárias e quatro facilitadores, exploraram as várias linguagens comunicativas, promovendo uma revolução com textos e vídeos em sites, blogues e agitando as redes sociais. Mas a comunicação também foi para fora das redes e papéis. A produção da equipe tomou os vários espaços da conferência, com o jornal humano, no qual participantes do evento escreviam suas opiniões e com a socialização de todo material produzido em um grande jornal mural que era apresentado junto com muita batucada, dança, música e integração.

Mas não parou por aí. No último dia, o grupo produziu um fanzine, o “Taperebá”, da agência paroara de notícias, com um pouquinho de tudo que foi criado nesses dias de muito aprendizado e afeto coletivo.

Por Kélem Cabral

Saiba mais:

O que é a 9º Conferência Nacional da Criança e do Adolescente?

 

Ver +

1 Comentário

  • foi muito importante a cobertura da conferência. Qualquer coisa que a gente quer saber que acontece na conferencia podemos encontrar aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *