Começa a V Plenária da Ecosol: Por uma nova economia!

Por Fernanda Pessoa, para a Agência Jovem de Notícias | Foto: Webert da Cruz, da Agência Jovem de Notícias

Com muita alegria e ao som de ciranda, o Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES) deu início à 5ª Plenária Nacional de Economia Solidária. Empreendedores solidários de todas as partes do Brasil estiveram reunidos em Luziânia (GO) de 9 a 13 de dezembro, com o objetivo de debater um novo sistema econômico, pautado na justiça social, no respeito à diversidade cultural e em prol do desenvolvimento sustentável.

Um coro de vozes emocionadas deu ritmo à abertura do evento, que reunirá aproximadamente 1000 trabalhadores e trabalhadoras, entre representantes estaduais, escolhidos nas etapas locais e estaduais, além de convidados definidos pela Comissão Organizadora Nacional e entidades apoiadoras. Todos juntos. Quilombolas, indígenas, homens, mulheres e crianças, cantando a diversidade de culturas e vivências, para discutir e propor uma nova economia, pautada no fortalecimento do trabalho associativo e no protagonismo no desenvolvimento local, através da constituição de empreendimentos econômicos solidários e da articulação de redes de cooperação entre grupos produtivos.

Representantes de todas as regiões do país trouxeram um pouco da terra e água de seus territórios para agradecer os recursos que nos permitem bem-viver no planeta, e homenagear  os companheiros e companheiras que cooperaram para este encontro acontecer, mas não puderam comparecer. A mística de abertura, conduzida por Deusdete Oliveira , foi encerrada com uma lúdica mistura de todos esses elementos, pelas mãos de Daniela Rueda e Paulo Morais membros da Secretaria Executiva do FBES. A bandeira da Economia Solidária foi estendida e segurada por todos que, unidos, realizarão a orientação política do movimento de economia solidária para os próximos três anos, o diálogo com os movimentos parceiros, e a formação de grupos em mesas temáticas, para discutir temas importantes e aprofundar o conteúdo do documento síntese da Plenária.

O que é o bem viver? A pergunta foi lançada, e o resultado do primeiro dia é a unanimidade pelo desejo de “mais amor o próximo”, “repeito à diversidade”, “ alimentos sem veneno”,” o mundo sem patrão e sem empregados”, “justiça social e respeito”, “preservação do meio ambiente”, entre outros. Serão cinco dias de muito diálogo. Pela valorização do ser humano, e não do capital. Após as falas de motivação e agradecimentos, de Ana Dubeux e Franscisca de Jesus, com muita emoção, esperança, e principalmente solidariedade foi iniciada a 5ª Plenária.

 Acompanhe a cobertura jovem do evento:

RENAJOC faz cobertura colaborativa na V Plenária de Economia Solidária

Regimento Interno da V Plenária Nacional da Ecolsol é aprovado sem alterações

Um Pouco da História das Plenárias de Economia Solidária

Leia outras notícias no site do Fórum Brasileiro de Economia Solidária (Fbes)

Veja as fotos da cobertura fotográfica

Acompanhe as atualizações em tempo real pelo facebook

 

 

 

 

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *