Ceará – Encerrada votação do Eixo 1

Por Deivid Rodrigues e Guilherme Viana

Encerrou-se a votação das ações das conferencias regionais a serem priorizadas na Conferência Nacional, na manhã de hoje (11). Após as ações de mobilização, as ações de implementação e de monitoramento foram debatidas.

Giliard Moura, representante do projeto Jovem Atleta Cidadão de Limoeiro do Norte, defendeu a ação de número 3 que trata da criação de CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social). Ele afirma que muitos municípios não têm acolhimento institucional. Além disso, muitos assistentes sociais de municípios vizinhos ao seu procuram apoio para crianças em Limoeiro do Norte.

Matheus Paiva, adolescente de Salitre que representa a classe estudantil, frisa que a ação 2 é importante, pois ressalta movimentos como o Dia do Desafio Jovem (“Dia D”) e a Sala de Debates. Mais uma vez, Matheus fortalece a ideia de que o protagonismo adolescente é indispensável.

Votados e aprovados para ser levado à Conferência Nacional, as ações 7 e 15 pretendem fortalecer os conselhos com equipamentos e recursos financeiros para que sejam desenvolvidas ações de planejamento, além de efetivar um projeto multicultural para promover campanhas socioeducativas.

A ação 16, antiga ação 6 de mobilização, foi aprovada sem votação, pois já havia sido escolhida anteriormente para fazer parte das ações de implementação.

Em relação às ações de monitoramento, os presentes acharam que a maioria dos temas eram repetitivos e que poderiam ser aglomerados. Giliard Moura defendeu a ação 11 para que seja feita a criação de uma comissão para incentivar os conselhos de direito a fazer diagnósticos sobre a realidade da situação das crianças e dos adolescentes nos municípios.

Porém, foram votadas as ações 4, 8 e 12, que tratam sobre a prestação de contas à população sobre os gastos públicos sócio-educacionais, a criação de um grupo de monitoramento por adolescentes, em conjunto com os Conselhos de Direitos das Crianças e dos Adolescentes para promover audiências públicas e avaliações.

Saiba mais sobre a 9 Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *