Brasilândia, na zona norte de São Paulo, recebe o segundo núcleo de comunicação do Plano Juventude Viva

Rafael Silva (5)

Da Redação

Desde a última semana de agosto, um grupo formado por adolescentes e jovens da zona norte de São Paulo, tem se reunido semanalmente para constituir o segundo Núcleo de Comunicação da Agência Jovem de Notícias, no âmbito das ações do Plano Juventude Viva, da cidade. O grupo é composto por moradores dos distritos da Brasilândia e Freguesia, e que integram de diferentes coletivos juvenis.

O projeto, que leva o nome de Núcleos da Agência Jovem de Notícias, é executado pela Viração Educomunicação, em parceria com a Coordenadoria da Juventude, da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC). Além das zonas norte e sul, também serão constituídos grupos das regiões do Itaim Paulista e Itaquera, territórios de abrangência do Plano Juventude Viva.

As atividades dos núcleos acontecem em duas etapas. A primeira é um ciclo de encontros semanais relacionados aos temas direitos humanos, juventude, enfrentamento do racismo e participação cidadã. Já no segundo ciclo, um plano de comunicação e mobilização, construído pelos jovens deve ser colocado em prática em cada região, sempre com o objetivo de sensibilizar e chamar a atenção dos moradores às questões que envolvem violência e outras vulnerabilidades da juventude negra e de periferia e a promoção de seus direitos.

Para a participante Larissa Marques, de 17 anos, a oportunidade dos jovens discutirem as questões de vulnerabilidade é necessária. “Acho muito importante quando dão voz aos jovens e um espaço pra isso, onde podemos falar o que achamos e pensamos sobre nós mesmos, além de poder ouvir a opinião de outros jovens sem ter ninguém pra julgar ou dizer se é certo ou errado”, fala.

A ONG Viração Educomunicação, que atua com mobilização, comunicação e participação de adolescentes e jovens, é responsável por coordenar as atividades dos núcleos. Na zona norte, conta com o apoio da Casa de Cultura da Brasilândia.

As atividades do plano de ação devem acontecer de forma transversal às outras ações desenvolvidas pela Prefeitura de São Paulo no Plano Juventude Viva.

20140828_142947

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *