Biografia de Luther King vira história em quadrinhos

 

A vida e obra de Martin Luther King reservam um significado especial para as lutas antirracistas em todo o mundo. Graças a colaboração do poeta afro-americano Arthur Flowers e do artista plástico bengalês Manu Chitrakar, integrados pelo projeto gráfico do designer italiano Guglielmo Rossi, a história do líder negro foi transformada em história em quadrinhos pela editora indiana Tara Books. E essa versão chega agora para o público brasileiro, através da editora Martins Fontes.

Luther King parecia saber que num enfrentamento violento haveria muitas baixas, principalmente entre os negros. Por isso, desenvolveu a tese da não violência, baseado no discurso de outro herói, Mahatma Gandhi. Segundo os editores da Tara Books, esse projeto foi realizado através de uma “colaboração inusitada” entre “pessoas brilhantes que nunca se conheceram” pessoalmente. E afirmam que esse livro em quadrinhos “tornou-se um relato rico e comovente sobre uma vida extraordinária”.

O autor Arthur Flowers relata ter percebido que “não estava contando apenas a história de Martin Luther King, mas de toda a luta afro-americana”. Para ele é fundamental que o público compreenda o que King representava “para nós naquela época e o que significa agora”, principalmente para a “luta pela vida e pelas conquistas”, pela melhoria da condição humana. Para Manu Chitrakar, que fez as ilustrações, os personagens desse enredo lhe são um pouco “estranhos”, até por que “se passa em outro país”, mas “essa história pertence a todos os seres humanos”.

O livro está à venda no site da Martins Fontes, aqui

Fonte  A cor da Cultura

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *