Artes gráficas: jovens LGBTQ+ produzem tirinha sobre sexualidades e prevenção

Jovens criaram coletivamente personagens e a narrativa durante oficinas de projeto educomunicativo implementado pela Viração

Por Redação AJN

No primeiro semestre, a turma do Pra Brilhar enfrentou as dificuldades impostas pela epidemia do novo coronavírus e o isolamento social, fazendo os encontros e oficinas no mundo digital.

Em maio aconteceu a oficina educomunicativa de Artes Gráficas, com a ilustradora, designer e artista visual Andy Reis. O objetivo da oficina foi construir coletivamente um produto educomunicativo gráfico, a partir dos temas abordados no projeto e dos desejos das/dos participantes da turma.

Através da plataforma Google Meet, es/as/os jovens começaram o encontro com uma rápida apresentação, seguida de uma conversa sobre identidades e expressões de gênero e sexualidade, estudaram a mandala de prevenção combinada e receberam informações sobre onde e como buscar atendimento na rede especializada na cidade de São Paulo.

Andy Reis compartilhou seu processo criativo, suas referências artísticas e ferramentas de execução do seu trabalho, e levantou discussões com a turma sobre identidades e expressões de gênero e sexualidade, racismo, feminismo e prevenção combinada ao HIV/AIDS. Em seguida, a turma compartilhou suas referências e experiências artísticas / ativistas, que foram importantes para a construção de um briefing coletivo de criação gráfica.

No final deste primeiro encontro, as/os participantes se dividiram para definir como seria a produção de um produto educomunicativo: uma tirinha em quadrinhos. As personagens e roteiro criados pela turma ilustrados pela artista, em tempo real, durante a realização da segunda parte da oficina.

No segundo encontro. depois uma breve retomada dos temas centrais discutidos no encontro anterior, a turma compartilhou algumas referências visuais coletadas para ilustrar o processo criativo iniciado na semana anterior e avançou na discussão sobre a criação das personagens.

Na sequência, Andy Reis apresentou alguns rascunhos de sua produção artística, referências, materiais e aplicativos que usa em seu processo de criação, além de apresentar alguns trabalhos prontos e em andamento.

Junto com a turma, a artista iniciou o processo de criação final das peças: tirinhas ilustradas com personagens interagindo entre si e compartilhando informações sobre sexualidades, prevenção combinada e o isolamento social imposto pela expansão da epidemia de Covid-19. Enquanto Andy Reis traçava as primeiras indicações do roteiro, a turma trabalhava de forma coletiva na construção da narrativa que conduziu a história.

Confira o resultado:

O Pra Brilhar é um projeto executado pela Viração Educomunicação em parceria com o Programa Municipal de DST/Aids de São Paulo. No segundo semestre de 2020, o projeto conta com o apoio do Centro de Referencia e Defesa da Diversidade (CRD) e do Pela Vidda SP.

O Pra Brilhar oferece a jovens LGBTQ+ de São Paulo um circuito formativo de 14 encontros que utiliza educomunicação para abordar temas de sexualidades, gênero, direitos humanos, prevenção ao HIV/Aids e outras ISTs, tratamentos e acesso a serviços de saúde especializados. Saiba mais sobre as oficinas do Pra Brilhar.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *