Aprovado o dia estadual das Juventudes no Pará

| por: Augusto Ramos

Foi aprovado na manhã do dia 19/10, durante sessão ordinária, na Assembléia Legislativa do Estado do Pará – ALEPA, o Projeto de Lei de autoria do Deputado Dirceu ten Caten que institui o dia Estadual da Juventude no Pará.

A proposição é resultado de uma série de diálogos com vários setores da sociedade civil, em especial setores que discutem, propõem e monitoram as políticas de juventudes nas três esferas de governo do Estado.

Chegamos neste momento, convictos de que é passada a hora de instituir em nosso calendário o dia estadual da juventude, e que este calendário reconheça também o fato de que “as juventudes” sejam observadas no plural mesmo em razão de sua diversidade sócio cultural.

A proposição de data faz referência à fatídica data de 04 de novembro de 2014, ocasião em que 11 jovens foram brutalmente assassinados em diversos bairros periféricos de nossa capital, crimes que até o momento não foram desvendados pelo Sistema de Segurança Publica do Estado.

Para que não esqueçamos, a cada três assassinatos cometidos no Brasil, dois são de jovens negros de 15 a 24 anos de idade, revela o Mapa da Violência 2013, elaborado pelo Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americano (Cebela). No total, incluindo negros e não negros, foram mais de 660 mil jovens mortos em duas décadas, um aumento de 207% no período de 1980 até 2011. O número de mortos nessa faixa etária é maior do que as vítimas de conflitos armados em outros países, como o Afeganistão, considerando apenas os dados de 2004 a 2007.

A discriminação e o preconceito racial são fortes componentes destas tristes estatísticas. Há jovens vítimas da atuação de uma polícia repressora e mal preparada, outros que se envolvem na criminalidade por conta do tráfico de drogas e, sobretudo, há aqueles que permanecem socialmente excluídos, vivendo sob o ciclo de pobreza que ainda afeta a população negra brasileira.

Para o Deputado Dirceu ten Caten, este dia colaborará no sentido de criar e fortalecer canais de diálogos com os poderes que constituem o Estado para discutir, propor e monitorar Políticas, Programas e Projetos que respondam as necessidades destas juventudes a partir dos mais diversos eixos temáticos como Educação, Saúde, Cultura, Esporte, Lazer, Segurança Publica, Trabalho, Tecnologia, Pesquisa, Participação e Controle Social sobre estas Políticas no Estado do Pará.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *