Aplicativo ajuda vítimas de homofobia a denunciar agressores e se informar sobre direitos

app_homofobia

Uma rede colaborativa, que tem como objetivo auxiliar no combate à homofobia possibilita que seus usuários denunciem casos de agressão e encontrem dicas de organizações e lugares públicos onde poderá obter orientação sobre como proceder em situações como esta.

O app GPSGAY é um espaço que procura orientar de modo amplo, segundo a idealizadora Magdalena Rodriguez: “No aplicativo também são publicados de forma permanente artigos que tem a ver com os direitos dos homossexuais e também divulgação de campanhas contra a homofobia”, explica.

Como plano para um futuro próximo, Magdalena diz que pretende cadastrar ainda escritórios de advocacia que lidam com direitos LGBT.

De origem uruguaia, o GPSGAY tem cerca de 200 mil usuários da América Latina, dos quais 80 mil são brasileiros. Ele reúne funcionalidades de redes sociais como Facebook, Foursquare, Amazon, Booking, Youtube em uma plataforma colaborativa. Por meio dele, é possível localizar outras pessoas cadastradas no aplicativo que têm os mesmo interesses de quem busca, mas este não é um aplicativo para quem deseja conhecer pessoas, tampouco para quem quer pegação.

Nele, é possível encontrar informações sobre hotéis, restaurantes, bares e outros estabelecimentos onde o público LGBT seja bem-vindo, além de compartilhar notícias, informações sobre séries e filmes nesta temática.

Da Redação | Imagem: Guillaume Paumier/Flickr (Creative Commons)

Jornalista, professor e educomunicador. Responsável pelos conteúdos da Agência Jovem de Notícias e Revista Viração.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *