Antes do jogo do Brasil, participe da ação em defesa dos direitos de crianças e adolescentes

Ação)12_jun

Rafael Silva, da Redação | Imagem: Gutierrez de Jesus

No próximo dia 12 de junho, todos estão convidados a participar da ação contra o abuso, exploração sexual de crianças e adolescentes e trabalho infantil que acontecerá  nas proximidades do Anhangabaú, região central de São Paulo.

A data, além de ser o Dia de Enfrentamento do Trabalho Infantil, foi escolhida por ser o dia de abertura da Copa do Mundo no Brasil, evento que gera um grande fluxo de turistas pelo país e que pode aumentar o número de casos de violações de direitos de crianças e adolescentes (confira informações abaixo).

O objetivo da ação é sensibilizar as pessoas em torno do tema, por meio de faixas e adesivos, apresentando as formas de denúncia, como o Disque 100 e o aplicativo para celular Proteja Brasil.

A atividade terá início às 8h, com término às 12h, e pretende atingir o público que irá acompanhar a partida inaugural do mundial pelos telões que serão montados na região do Anhangabaú. A ação é promovida pela Viração Educomunicação, Rejupe-SP, Fundo das Nações Unidas para o Brasil (UNICEF) e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo (CMDCA).

Estudo

Por conta da Copa, especialistas e ativistas dos direitos humanos alertam para a possibilidade de aumento nos casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes durante o período desse evento. Além disso, outras violações de direitos de crianças e adolescentes podem estar em jogo, no sentido mais negativo da palavra. Com a grande movimentação de público em torno dos espaços das partidas do mundial, é possível que a mão de obra infantil também seja usada nos serviços de comércio ambulante não regulamentado.

Em 2012, o estudo “Turismo e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes: um Estudo dos seus Fatores Determinantes” mapeou a relação entre o turismo de lazer e a exploração sexual de crianças e adolescentes no Brasil. O documento, produzido pela John Snow Brasil Consultoria, mostrou que em Salvador (uma das cidades brasileiras pesquisadas por ter alto fluxo de turistas) para cada 372 turistas internacionais, houve aumento de uma denúncia de exploração sexual de crianças. A análise desse estudo foi realizada entre 2008 e 2010.

Anote na agenda!

O que: Ação contra o abuso, a exploração sexual de crianças e adolescentes e trabalho infantil

Quando: 12 de junho

Horário: Das 8h às 12h

Local: O ponto de encontro será na sede da Viração Educomunicação e depois os participantes seguem para o Anhangabaú. O endereço da Vira é Rua Augusta, 1239 – conjunto 11 – Consolação – São Paulo (SP), próximo ao metrô Consolação.

Informações: (11) 3237-4091

 

Jornalista, professor e educomunicador. Responsável pelos conteúdos da Agência Jovem de Notícias e Revista Viração.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *